Aldo Rebelo vai receber índios em audiência

Val-André Mutran (Brasília) - Acabou não se concretizando a invasão da Câmara dos Deputados por apoximadamente 130 índios. É da etnia ikpeng, do Parque Nacional do Xingu, os guerreiros que tentaram invadir o prédio do Parlamento pela manhã, desta feita, pela entrada do anexo IV. Segundo o porta-voz do grupo, Napiku Txicão, eles reivindicam a paralisação das obras da hidrelétrica de Paranatinga 2, no município de Campinópolis (MT).
Segundo Napiku Txicão, a construção da barragem está secando o rio na parte abaixo da obra e, na parte de cima, o lago que será formado vai tomar parte das terras dos índios e inviabilizar o primeiro Quarup a ser sediado pela tribo (Quarup é a festa anual em que os índios do Xingu homenageiam seus mortos).
À Agência Câmara o deputado Eduardo Valverde (PT-RO) disse que recebeu os índios e anunciou que se reunirá daqui a pouco com o presidente da Câmara, Aldo Rebelo, para pedir que intermedeie um encontro com a ministra do Meio Ambiente, Marina Silva, para rediscutir a implantação da usina.
O parlamentar disse também que estuda a possibilidade de pedir liminar à Justiça para interromper as obras da barragem até que seja feito um novo estudo de impacto ambiental na área.

Nenhum comentário: