Transparência Brasil ganha primeiro round contra representação do PT

Decisão

No Blog Deu no Jornal

O juiz Percival Nogueira, do TRE de São Paulo, julgou a ação movida pelo PT contra a Transparência Brasil. Eles misturavam o projeto EXCELÊNCIAS com o manifesto "Não Vote em Mensaleiro" e queriam a retirada do material do ar. O partido perdeu, como era de se esperar. Esta foi a defesa apresentada.

O juiz apenas fez reparo a uma expressão usada pelo mestre Abramo em seu manifesto: chamar candidato de animal, não pode. A Transparência Brasil vai recorrer - o qualificativo foi usado no contexto dos nomes que a Polícia Federal dá às suas operações.

Acompanhe o processo e leia o despacho no site do TRE.

Nenhum comentário: