Já são 58 presos por roubo na Internet

Já somam 58 os elementos acusados de integrar uma organização criminosa especializada em invadir contas bancárias por meio da internet. Entre os presos estão dois policiais militares e um civil. Impressionante como sempre tem um policial corrupto no meio.

A maioria dos detidos são jovens com 20 anos ou menos e com conhecimento avançado em informática. Eles são acusados de criar programas para roubar senhas e dados de contas bancárias, geralmente "trojans" ou "cavalos de tróia". O esquema desviava, segundo a PF, até 6.000 reais por dia.

A Polícia Federal disse por meio de seu porta-voz que a operação também visa a reprimir usuários que difundem os programas e que chegam a passar milhares de e-mails por dia e, carteiros ou "cartãozeiros" que fazem a parte operacional na arregimentação de contas e cartões de laranjas e no pagamento de boletos via internet em contas de terceiros.


Os envolvidos no esquema de roubos na internet podem ser enquadrados nos crimes de furto qualificado, formação de quadrilha, interceptação telemática ilegal, violação do sigilo bancário, concussão, estelionato e lavagem de dinheiro.

Nenhum comentário: