Terrorismo não!

Para especialistas o presidente Luis Inácio Lula da Silva cometeu um ato falho em seu discurso ao chamar de "terrorismo" a situação de violência que abalou o Rio de Janeiro na última quinta-feira.

Na opinião de quem entende do problema o que ocorre no Rio é a escalada do crime organizado.

Um comentário:

Ricardo Rayol disse...

Atos falhos parecem ser o corriqueiro... por exemplo se comparou com uma mãe.. não seria mais apropriado um pai?