Mas como somos frágeis!


Fragile - Sting. Um tributo à fragilidade.

Uma indagação que pertuba minha alma: Cadê os músicos brasileiros que não promovem uma campanha em prol das vítimas do apagão aéreo?

Será que é porque os grandes vivem passando o chapéu para pegar uma graninha em cum padrio com o Gil da Cultura?

Paizinho sem vergonha e insensível esse nosso.

Por quê as bandas alternativas não se organizam e realizam um projeto nesse sentido?

Porque não há articulação e política cultural sem a ajudinha do papai e das tetas do Estado.

-É, deve ser?!

Merda!!

Nenhum comentário: