Carajás em pauta

Correio do Tocantins

Nota divulgada domingo na coluna Repórter 70, de O Liberal, antecipava que a TV Liberal, emissora das Organizações Rômulo Maiorana, iniciaria naquele dia a veiculação de "comerciais da campanha contra a divisão do Pará, assinada conjuntamente pelas ORM e Associação Comercial do Pará".

"Conhecidas figuras públicas paraenses - prossegue a nota - declaram, de forma espontânea e até emocionada, o seu voto contra a divisão. Trabalho voluntário da Mendes (Publicidade), criou a campanha da produtora Imagem, que gravou os depoimentos e finalizou os comerciais; e da produtora Midas, que criou a trilha sonora. É campanha para fazer história", enfatizou o tópico do matutino.

Por outro lado, Frede Silveira, presidente da Comissão Brandão Pró-Emancipação dizia ontem que o movimento não irá abaixar a cabeça para a nova ofensiva e que vai continuar defendendo a bandeira de que a redivisão não prejudicará o estado mãe, como tentam alardear.

Ontem à noite, aliás, a Comissão Brandão se reuniu mais uma vez, quando a diretoria promoveu prestação de contas das últimas ações e tratou do bingo que será realizado no dia 7 de outubro.

O grupo ganhou um apoio de peso: o empresário Leonildo Rocha (Leolar) que ontem não esteve na reunião mas enviou o seu filho Andrey Rocha e a diretora do grupo Marta Oliveira. A Leolar cedeu todo o seu aparato publicitário, incluindo-se 30 outdoors, carros volantes e espaço em jornais a serviço dos emancipacionistas.

Por falar em Estado de Carajás, Giovanni Queiroz, que participou de debate na Câmara Municipal de Marabá na sexta-feira, ontem estava em Belém para palestra sobre o tema na Unama. O acompanhavam Gilberto Leite e o vice-prefeito de Marabá, Ítalo Ipojucam.

Nenhum comentário: