Calote na capital

Prefeitos de pequenos municípios do interior do país que pleiteiam a reeleição estão dando uma "dôr" de cabeça considerável à comerciantes da Feira dos Importados em Brasília.

Um prefeito em particular, de um pequeno município do Maranhão deu um prejuízo de R$ 7 mil reais em uma das lojas de eletro-eletrônico da feira, referente à compra de uma câmara filmadora digital de última geração, naturalmente para filmar as obras ou feitos -- se é que existem -- para exibir ao eleitorado da currutela.

A má fé do prefeito ficou caracterizada com o endosso do cheque para a própria prefeitura que administra dificultando sobremaneira a execução do cheque sem fundos.

Em coversa com o dono da loja a qual sou freguês desde que cheguei à Brasília, aconselhei o comerciante a vender o cheque sem fundos para a oposição, que saberá fazer bom uso do documento na campanha.

O blogger constatou inúmeros outros casos semelhantes.

Nenhum comentário: