Polícia do Rio mata mais um inocente

Não há paralelo no restante do mundo que possa fazer frente a incompetência e despreparo da Polícia do Rio de Janeiro. Mais uma vítima de assalto é morta durante perseguição da polícia, informa os jornais fluminenses.

Segundo a imprensa, um homem que era feito refém por um assaltante de carro morreu num tiroteio na noite de segunda-feira (14) na Zona Norte do Rio, durante perseguição da polícia. A informação foi confirmada pela delegada Suzi Miranda, da 17ª DP (São Cristóvão).

A delegada conta que a vítima falava com a esposa ao telefone quando foi rendida no cruzamento da Linha Amarela com a Avenida Leopoldo Bulhões, em Bonsucesso, subúrbio do Rio, por um homem armado. O suspeito assumiu a direção do carro, um Siena prata, e mandou a vítima passar para o banco do carona.

Após uma manobra estranha, o suspeito começou a ser perseguido até São Cristóvão por quatro policiais do 22º BPM (Maré) que faziam patrulhamento de rotina na região. Segundo a delegada, os PMs não viram a vítima ser rendida e disseram que o tiroteio começou após o suspeito atirar contra o carro da polícia.

Nenhum comentário: