Ponte-aérea da bandidagem

Cerca de 300 agentes da polícia federal estão atuando na ponte-aérea Rio-São Paulo para dar conta dos mandatos de prisão e buscas e apreensões do que já é considerado o maior escândalo financeiro do Brasil, tendo como protagonistas o dono do Banco Opportunity, Daniel Dantas, o ex-prefeito de São Paulo, Celso Pitta, e o empresário Naji Nahas. Eles são acusados de cometer fraudes no sistema financeiro através de intrincadas operações de lavagem de dinheiro, envio fraudulento de recursos para fora do país e desvio de recursos públicos.

Nenhum comentário: