Vale: é dando que se recebe

O adágio de autoria anônima cai como uma luva para definir o acordo de bastidor entre a megamineradora Vale e o governo do Pará para a localização de uma aciaria em Marabá em detrimento do Maranhão como estava previsto há cinco anos atrás.

Em artigo publicado no site da ONG Intituto Socioambiental (ISA), o jornalista paraense Lúcio Flávio Pinto revela os bastidores desse acerto.

Nenhum comentário: