Dantas afirma que o delegado Protógenes Queiroz quer investigar o filho de Lula

BRASÍLIA - Em mais uma rodada de acusações, o banqueiro Daniel Dantas afirmou na CPI dos Grampos que durante seu depoimento à Polícia Federal, o delegado Protógenes Queiroz contou que tinha intenção de investigar "até o fim" o envolvimento do filho do presidente Luiz Inácio Lula da Silva no imbróglio das disputas societárias pela Brasil Telecom. Ele fez a revelação enquanto argumentava sobre o "interesse político" que persiste na BrT e para demonstrar que "tem alguma coisa outra aí".

- O Protógenes me recomendou que não falasse mais com a imprensa, que isso não está ajudando. E que não tentasse trazer o material lá da Itália porque já tinha sido apurado e não tinha nada e que vai investigar a fusão da BrasilTelecom-Oi - disse Dantas. - Tem alguma coisa outra aí. O Protógenes disse que também ia investigar os filhos do presidente Lula.

Questionado sobre o relator, deputado Nelson Pellegrino (PT) sobre o contexto da citação aos filhos do presidente, Dantas reafirmou:

- Ele disse que ia apurar a operação BrasilTelecom-Oi envolvendo o filho do presidente Lula e também disse que ia até o fim.

Dantas não fez referência direta ao caso "Gamecorp" ou seu sócio, Fábio Luiz Lula da Silva, nem citou os investimentos da Telemar na empresa.

Fonte: O Globo

Nenhum comentário: