Internautas sugerem que governo devolva bois piratas a seus proprietários

Enquete do Canal Rural reuniu 43% dos votos a favor da restituição dos animais

Em enquete realizada pelo Canal Rural, questionando o destino dos bois piratas apreendidos na Amazônia pelo governo federal, a maioria dos internautas opinou que os animais devem ser devolvidos aos proprietários. A alternativa tomou 43% dos votos.

Os bovinos enfrentaram na última semana a terceira tentativa, sem sucesso, de serem vendidos em leilão. Mas a duvidosa condição em que estão sendo mantidos, na Estação Ecológica da Terra do Meio, no Pará, tem dificultado as vendas.

Diante das contradições a respeito da sanidade dos bois piratas, boa parte dos internautas do Canal Rural descartou a idéia de destiná-los para consumo humano. A alternativa de distribuir a carne dos animais em creches e instituições de caridade comoveu, arrecadando 32% dos votos, mas não superou o alarde para denúncias de negligência.

Mesmo com o fracasso dos últimos leilões, o governo marcou para o próximo dia 12 mais um remate eletrônico, na expectativa de finalmente atrair compradores para o gado apreendido. A insistência, se depender dos internautas, será em vão, já que a minoria dos votantes (9%) acha conveniente insistir na iniciativa.

Entre as quatro opções oferecidas pelo Canal Rural para se propor um destino aos bois piratas, ainda teve quem apostou em um grande churrasco no Palácio do Planalto. Sejam quais forem as intenções com a sugestão, a relevante porcentagem de 15% das pessoas aderiu à idéia.

As enquetes do site Canal Rural não têm valor científico, e servem apenas como espaço de interação e manifestação para os internautas.

Fonte: Canal Rural.

Nenhum comentário: