Baltasar Garzón no Roda Viva


* Edição GRAVADA. Não aceita perguntas.
Baltasar Garzón
juiz espanhol

Desde 1988, Baltasar Garzón é um dos seis juízes da Audiência Nacional da Espanha que investigam crimes internacionais, inclusive os ocorridos fora do território espanhol, baseado no princípio de Justiça Penal Universal. Ele atua no combate ao narcotráfico, terrorismo, lavagem de dinheiro e delinqüência econômica organizada.

O convida do dessa semana do programa Roda Viva ficou conhecido no mundo como o juiz que mandou prender o ex-ditador chileno Augusto Pinochet, mas Baltasar Garzón também investigou a participação de militares argentinos no desaparecimento de cidadãos espanhóis durante a ditadura no país e coleciona inimigos, que renderam a ele inúmeras ameaças de morte. Na Espanha, ele mandou prender terroristas do ETA e perseguidores do grupo separatista basco.

Em 2001, Baltasar Garzón envolveu-se eu outro caso polêmico ao pedir permissão ao Conselho da Europa para processar o primeiro-ministro italiano Silvio Berlusconi. Em janeiro de 2003, ele declarou-se contra a Guerra do Iraque e criticou o governo dos Estados Unidos de violação dos direitos humanos pela detenção ilegal de suspeitos de pertencerem ao grupo terrorista Al Qaeda na Base de Guantánamo, em Cuba.

Participam como convidados entrevistadores:
Cláudia Antunes, editora do caderno Mundo, do jornal Folha de S. Pau lo; Wálter Maierovitch, desembargador aposentado, presidente do Instituto Giovanni Falcone; Carlos Marchi, repórter e analista de política do jornal O Estado de S. Paulo; Jan Rocha, jornalista, ex-correspondente da BBC e do jornal inglês The Guardian no Brasil, e uma das fundadoras do Grupo de Direitos Humanos Clamor.

Apresentação: Lillian Witte Fibe

Transmissão especial pela internet, a partir das 22:00.


O Roda Viva é apresentado às segundas a partir das 22h10.
Você pode assistir on-line acessando o site no horário do programa.
http://www.tvcultura.com.br/rodaviva

Nenhum comentário: