Tinha fila para matar a missionária

Novo documento pode mudar rumo do caso Dorothy Stang, especula despacho da Radiobrás. Na verdade o que tinha era uma fila de descontentes com a atuação de Stang. do Oeste ao Sul do Pará, pistoleiros foram contatados para fazer o serviço.
Brasília - Um documento recebido no final da tarde de ontem (7) pelas freiras Rebeca Spires e Julia Depweg – que trabalharam durante três décadas com a missionária Dorothy Stang – pode mudar os rumos do processo do assassinato da freira.

Mais aqui.
blog it

4 comentários:

saitica disse...

Val queremos adicionar o seu blog ao nosso www.saitica.blogspot.com
visite-nos e responda.
abraços,
daniel e stella

Val-André Mutran disse...

Ok. Vou passar por lá.

COLETIVO SOCIALISTA REVOLUCIONÁRIO disse...

meu querido val.

a comunidade do orkut blogueiros paraenses, que esta no: http://www.orkut.com.br/Main#Community.aspx?cmm=54033045 esta convidando a vc no dia 22.11 a comparecer ao nosso 1. encontro de blogueiros na pizza hut doca a partir das 19 e 30.

aguardo vc la!!! Abraços!!!

COLETIVO SOCIALISTA REVOLUCIONÁRIO disse...

Agradecido val.
esperamos vc l[a.
Abra;os.