Tribune pede concordata preventiva

O grupo de imprensa americano Tribune, proprietário de vários influentes jornais como o Los Angeles Times e o Chicago Tribune, anunciou ontem que se colocou “voluntariamente” sob a proteção da lei de falências. “A empresa vai continuar com suas operações na mídia durante a reestruturação, inclusive publicando seus jornais e mantendo suas antenas de TV e seus ativos interativos. Ela possui a liquidez necessária”, afirmou o grupo em comunicado. O grupo, comprado há cerca de um ano pelo milionário Sam Zell, sofreu perdas de US$ 124 milhões no terceiro trimestre deste ano.

Nenhum comentário: