A internet como palanque eletrônico ― o fator Gabeira

Jornalista profissional e sem diploma. Político profissional com diploma. Rebelde com causa, ex-guerrilheiro proibido de entrar em território americano ― quem se importa? O deputado federal Fernando Gabeira mantém na rede mundial de computadores o melhor site e o melhor blog de divulgação de seu mandato e de suas idéias como cidadão.

Nas últimas eleições, ano passado, quando concorreu como um outdiser à Prefeitura do Rio de Janeiro, Gabeira quase derrota a máquina da propaganda pública dos detentores do poder, chegando ao segundo turno das eleições ao cargo de Prefeito do Rio de Janeiro.

Gabeira protagonizou uma campanha memorável.

A força das redes sociais nunca, noutra eleição, foram tão ativas em apoiar de forma voluntária, multiplicando o poderio ao ajudar o deputado verde, defensor da ética política; do debate sobre a descriminalização da maconha; da união estável homosessual, do aborto ―e, claro, do meio ambiente, à uma rede de formadores de opinião qualificados e multiplicadores por sí só.

Este blog reconhece e estuda esse fenômeno como aprendizado.

Nota do blog: Um certo marketeiro paraense, hoje em evidência nacional, vai frontalmente contra a definição do que hoje é conhecido como "formadores de opinião". Paciência militante tem alcance e ponto.

Nenhum comentário: