Reforma Política é ilusão para 2010

Acabei de participar há pouco, de um debate com coleguinhas sobre a tão propalada Reforma Política.

Os mais exaltados defendem avanços imediatos para a discussão da matéria.

Posicionei-me no grupo dos cautelosos.

O primeiro ponto, para sinalisar à sociedade a boa intenção da classe política em Brasília, seria, sem demora, os presidentes das daus casas legislativas federais, nomearem os componentes da Comissão Especial que cuidará do tema.

O segundo ponto fundamental é que, o país poderia avançar pelo menos em dois pontos para 2010 – se avançar –, a saber:

1- Fim das coligações partidárias e,

2- Endosso à fidelidade partidária.

Nada além disso avança para 2010 na opinião dos cautelosos.

Nenhum comentário: