Proteção a poupadores

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva disse ontem, no programa semanal de rádio Café com o Presidente, que 99% dos poupadores estarão protegidos diante das propostas de mudança na caderneta de poupança, divulgadas na semana passada. Segundo ele, a cobrança de Imposto de Renda sobre os rendimentos de quem tem depósitos acima de R$ 50 mil, serve para que a poupança não seja usada como fundo de investimento. Lula reafirmou que a finalidade da caderneta é assegurar que os poupadores que têm até R$ 50 mil vivam tranquilos e tenham “o seu dinheirinho” de reserva.

Lula disse, ainda, que os juros continuarão em queda e que o dinheiro que hoje está “na especulação” irá para a atividade produtiva. “É isso que nós queremos para o Brasil”, afirmou. “Vão reduzir a taxa de juros — sobretudo a Selic — porque o controle da inflação e a estabilidade financeira do Brasil permitem. Reduzindo a taxa básica, todos os outros juros vão reduzir.”

5 comentários:

Anônimo disse...

O que me assusta é saber que na epoca das privatizações muit gente foi deitida e resgatou o FGTS e o aplicou demaneirA para que pudesse ter renda, já que muitos teem que pag pedagio par se aposentar.Muitos não voltaram a trabalhar e o pior é que não sei como chegaram a esse valor R$50.000,00 quais calculos? Se a poupança for cnjunta é R$ 50.000,00 por cada um?Afinal para quem disse que era só uma marolinha pela iniciativa que teve o governo só demonstra que é um tsunami ! Na era Color o dinehiro que ficou disponivel em minha conta, pagaa mais de um mês e meio de um bom hotel fazenda e quando pude ter acesso ao meu dinheiro,fruto do meu trabalho já pago todos os tributos quando o depositei na poupança,infelizmente não cobria a diaria nem de uma semana, só 3 dias!E todos os politicos tiveram aumentos por toda essa epoca até hoje.É muita demogogia com o chapeu dos outros (povo),seja industrial ou industriario, seja prstador de serviço ou micro empresário,banqueiro ou bancário, o cidadão não conta mai uma vez...
Que Deus ns proteja, afianl se tem rombo na previdencia é por nossa causa, se tem divida externa é pq eles investiram em mehorias para o povo e se temos assaltos ao erário public a culpa tb é nossa que não sonegaos!
Sermos eternos culpados pelo ponto de vistade nosas autoridades.

Anônimo disse...

Eu não concordo com esta nova lei.
Levei anos poupando para os estudos dos meus filhos,esta minha poupança já foi cobrada o imposto de renda(27,5%ao mês)agora surge uma nova lei fazendo cobranças extras.
Pergunto, quantas novas leis este congresso pretende aplicar aos brasileiros afim de só prjudicar quem é realmente trabahador e honestos?
Senhores legisladores,analizem bem o que estão fazendo,poque as revoltas já estão nas ruas, custo a acreditar que com estas leis que ferem a CONTITUIÇÃO BRASILEIRA, muitos como eu não tereemos como votar em candidatos que compartilham com estas vergonhas despresivel.
Como podemos confiar em representantes do povo?
Quem são vocês para complicar tanto aos povos brasileiros?
O Brasil está necessitando de saúde, educação e segurança publica, para que no futuro possamos ter povos melhores, no entanto as ruas estão tomadas por traficanes e viciados e drogas, com isto o congresso não se preocupa,porém quem produz no país é penalizado por LEGISLADORES que ferem a CONSTITUIÇÃO FEDERAL

Anônimo disse...

Por que não instituem um imposto sobre a corrupção?

Anônimo disse...

Interessante a idéia do imposto sobre a corrupção(contribuintes já identificados). Sem dúvida esse imposto bateria todos os recordes de arrecadação. O que mais impressiona é que o Lula e sua turma não levantam a possibilidade de cobrança sobre grandes fortunas(previsto na CF/88). Os pegaria em cheio.
Esse governo não é sério e na medida em que o tempo passa vê-se que os que lá estão foram para se locumpletar, mesmo deixando a população na miséria. O pior, só eles pensam que ninguém notou.

Anônimo disse...

Acho que se o Congresso aceita a mudança, nós teremos muitas ações judiciais. Fora isto, a verdade é que, infelizmente, nossos representantes NÃO conhecem os institutos múltiplos que existem no país. Ora, poupança NUNCA foi "investimento", sempre foi "reserva" de POBRE, vez que grandes investidores não usam a poupança para "ESPECULAR", já que ela NÃO PAGA nem o tempo que eles levam estudando onde aplicar seu rico dinheirinho... Faz rir (e chorar sangue) o absurdo de dizer que a poupança impede que os juros sejam abaixados. Ora, em época de JUROS ALTOS a poupança nunca foi remunerada por eles - ela (como o FGTS e o PIS/PASEP) recebe atualiação monetária (antes pela inflação, hoje pela estranha TR) e juros de 0,5% a.m. (6% a.a.), enquanto as taxas de juros empréstimo, cheque especial, fundos de investimento, etc., NUNCA foram neste patamar, chegando em alguns casos a mais de 100% a.a.
Como se vê, os dirigentes nacionais estão loucos... Querem que o pobre novamente pague a conta da crise para não sacrificar os poderosos, arriscando-se, inclusive, a provocar uma quebradeira na poupança..., com fuga de poupadores... (piorando, ainda mais, a crise bancária...). Será que nossos economistas e dirigentes NÃO escutam o noticiário... Ora foi a facilidade de crédito que causou a BANCARROTA americana que se esvalar mundo afora. Então, esses surdos deveriam ver que FATURAR sobre a poupança (e sabe Deus mais o que virá...) é um despautério.
Oxalá, desta vez a gente grite bem ALTO, e impeça tanto absurdo em nome de proteger o ESTADO CORRUPTO em que vivemos e criar INVESTIMENTOS. CAPITALISTAS não querem investimento, querem ganhar dinheiro fácil: tanto é assim que a proposta de tributar a poupança pretende na verdade atrair INVESTIMENTOS de capital em outros FUNDOS...
Puxa Vida!
Alguém por favor nos socorra...