Adiado para a amanhã votação da PEC dos Cartórios

A razão alegada foi a falta de quorum seguro para votação da matéria.

7 comentários:

Eduardo disse...

A matéria é tão nebulosa que precisam de uma Camara dos Deputados abarrotada para que justifiquem esse''Trem da Alegria'', nem mesmo após o Presidente do STF firmar sua inconstitucionalidade, assim como o CNJ, órgão também responsável pelo controle da atividade notarial e o Conselho Federal da OAB, seus defensores não se cansam de propagar o usocapião da função notarial, como se a Constituição Federal de 1988 não o fosse dotada de força normativa suficiente para gerir a República, ora o brasileiro precisa entender que a lei e a administração pública devem se submeter à Constituição e não essa àqueles, que o Congresso Nacional cumpra o que promulgou em 1988, respeitanto o povo brasileiro, esgotado de tanta proteção a oliguarquias.

Anônimo disse...

É uma vergonha essa PEC, acho que os deputados tem coisas muito mais interessantes e necessárias a fazer do que se preocuparem com essa PEC. Afinal, eles foram eleitos para trabalharem para o bem da nação e não de alguns poucos que financiam essas votações. Eles deveriam ter vergonha na cara e não se venderem.

Anônimo disse...

NEBULOSO FOI A APROVAÇÃO PARA O AUMENTO DOS VEREADORES JUNTO AS CAMARAS MUNICIPAIS DO NOSSO BRASIL, MINISTROS DOS STF, CNJ E OUTRAS AUTORIDADES CONTRARIAS A APROVAÇÃO DA PEC, DEVEM SIM USAR DO BOM SENÇO E LEMBRAR QUE EXISTEM JUIZES CORREGEDORES PERMANENTES COM CAPACIDADE JURÍDICA E IDONEIDADE BASTANTE, PARA MANIFESTAREM A RESPEITO DOS CARTÓRIOS VAGOS ADMINISTRADOS POR INTERINOS CAPAZES E IDONEOS COM MAIS DE 05 ANOS NA DIREÇÃO DESSA SERVENTIA.

Anônimo disse...

A CONSTITUIÇÃO CIDADÃ DE 1988, JÁ NASCEU VICIADA. VEJA MATÉRIA PUBLICADA NO JORNAL "O GLOBO" DE 30/10/2003.

Anônimo disse...

Gostaria de saber se, o que pagamos para os 513 deputados federais, é distribuição de renda. É um total absurdo tantas matérias para serem votadas e continuam emperradas como, por exemplo, a PL 4434/08.Antonio Palocci é o relator. Esse terá que estudar o assunto, que diga-se de passagem não é para qualquer(até o Helmut confunde(?) seguridade social com assistência social, etc.) e após pedir a benção de Lula. O PT ainda não entendeu! Lula está saindo e os que ficam para as próximas eleições irão se "ferar". Lula não elege ninguém.

Anônimo disse...

Como bem disse o Ministro Dipp, a aprovação da PEC "acarretará retrocessos e favorecerá tão somente aqueles que, em ofensa ao artigo 236 da Constituição Federal, há anos se beneficiam indevidamente de serviço público remunerado pela população brasileira".
Querem continuar nos cartórios, se submetam a concurso público como todos os brasileiros precisam fazer! Estudem! Passem nos concursos por mérito próprio e não por laços de sangue e apadrinhamento!
Não podemos, em 2009, voltar ao FEUDALISMO e ao modelo das CAPITANIAS HEREDITÁRIAS! A PEC 471/2005 é uma vergonha, o nome de quem votar a favor deve ser bem divulgado para que todos os milhares de estudantes não votem neles nas próximas eleições. Vamos ver se com os míseros votinhos dos 4.000 "agraciados" algum se elege...

José Nogueira disse...

O brasil hoje,nada mais é que um sistema sindicalista,formado de poderosos fafiosos que andavam por aí,sem ter o que fazer,até mesmo no exílio?...