Desesperados, agentes culturais fazem “vaquinha” para salvar a cultura maranhense

Corram, unam-se, está para acontecer!

O presidente do Senado José Sarney (PMDB-AP), está liso. Sem banda de pão. Não tem dim-dim.

Isso mesmo. Foi o que ele disse: que não tem como manter a Fundação José Sarney, porque com a avalanche de denúncias de que foi alvo cessaram as contribuições de empresas privadas.

Salve-se a cultura brasileira da hecatombe. Ajudem Sarney.

2 comentários:

Anônimo disse...

Pelo que estamos assistindo, para "salvar" a cultura, o governo Lula pensa em tirar o dinheiro da previdência em forma de subsídio. Políticos safados!!!!!

Anônimo disse...

Lí em uma revista de grande circulação nacional que um empresário está querendo comprar a VALE e este mesmo empresário vai doar UM MILHÃO DE DOLARES para o Filme " LULA O FILHO DO BRASIL " Sugiro aos agentes culturais à direcionarem a tal " Vaquinha " até o cineasta que já tem a garantia da referida doação praticamente fechadissima.