INSS pode suspender pagamento de mil aposentados

1.001 aposentados fizeram censo por procuração e não foram achados.
Segundo governo, aposentados devem ir ao INSS em até 30 dias

O Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) informou que será publicado nesta terça-feira (20), em jornais do país, editais de convocação de beneficiários que fizeram o Censo Previdenciário por meio de procurador ou representante legal, mas que posteriormente não foram localizados em seus endereços.

Segundo o Ministério da Previdência Social, 1.001 beneficiários estão nesta condição. "Quando isso ocorre, as informações precisam ser conferidas por um servidor do INSS para realizar, também, a prova de vida", informou o governo nesta segunda-feira (19). No passado, processo semelhante, instaurado pelo então ministro da Previdência, Ricardo Berzoini, criou confusão.

Continue lendo aqui.

3 comentários:

Anônimo disse...

O INSS tem "acordo ou convênio" com os cartórios de registro de pessoas. Quanto um óbito ocorre, via de regra, o INSS é informado. No passado eram consultados também os obituários dos jornais, mas por ser ineficaz, consta que foi abandonado. Assim, se coisas "estranhas" estão ocorrendo, não há dúvida, é incompetência ou maracutais.

Anônimo disse...

Anonimo disse.
Onde está a CUT e outros? Porque a CUT noa convoca os trabalhadores? O que ela esconde? O escravizanete FP parece que e imbativel, os deputados o que fazem? nsao esta nem ai, já estao com suas aposentaria garantida. O mais humilhante e o PT que nasceu do povo e agora pouco caso faz para derrubar o FP. Quem será a nova Princesa Isabel? quando teremos umm novo treze de maio? desta vez a escravidao foi geral.

Anônimo disse...

Lembro quando o Lula se apresentava como candidato. Minha costureira, dizia: Não votem em gente desse tipo, são traiçoeiros.
Confesso que me deixei influenciar por essa senhora com mais idade e sabedoria do que eu. Sou feliz por ter tido alguém para me mostrar que gente "desse tipo" acabam achando que são Deus.