Serra se aliada à Lula para “barrar” pretensão de aposentados

União improvável em curso

Congresso
Serra pede a tucanos para apoiarem Lula no veto a projeto sobre reajuste de aposentados

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva não é o único a articular pela rejeição do projeto de lei que vincula os reajustes dos aposentados e beneficiários do INSS aos índices aplicados ao salário mínimo. O governador de São Paulo, José Serra (PSDB), entrou em campo pedindo a líderes de seu partido no Congresso o veto à proposta. O problema é que deputados e senadores tucanos e democratas tratam o tema como uma forma de arrematar uma boa bandeira para as eleições no próximo ano e, ainda, tentar amenizar a impressão de que a gestão de Fernando Henrique Cardoso, do PSDB, foi maléfica para a categoria. Argumentam que, nesse momento, não podem jogar apenas pensando no que é bom para o pré-candidato à corrida presidencial em 2010.

Afinal, dizem, eles também precisam se eleger.

Serra manifestou preocupação com a possibilidade de que, aprovado o reajuste, as contas realmente não fechem. E antevendo uma crise em sua gestão, pediu a interlocutores que convencessem aliados a colocar o pé no freio quando fossem tratar da matéria.

O governo propõe para janeiro de 2010 um reajuste que levaria em conta a inflação de 2009 mais 50% do PIB registrado em 2008, algo em torno de 6%. A proposta que tramita na Câmara, de autoria do senador petista Paulo Paim (RS), prevê um aumento de 8,8%. O impacto, só neste ano, seria de R$ 12 bilhões. O presidente Lula já avisou que esse índice é impraticável e que não haverá dinheiro na Previdência para arcar com um aumento dessa proporção.

“Se a oposição fizer as contas, vai ver que isso não cabe no orçamento. Estamos fazendo um esforço grande de negociação com as centrais sindicais para chegar a um acordo. Para dar um aumento e trazer melhorias para a categoria é preciso fazer um debate maduro na Câmara”, argumentou o deputado federal e presidente do PT, Ricardo Berzoini (SP). “O governo tem dinheiro para tudo. Para criar cargos, para dar aumento aos servidores, mas não pode aumentar o salário dos aposentados? Eu particularmente tenho tratado de forma muito crítica a gastança indiscriminada do Executivo, mas vou trabalhar para defender essa categoria”, rebateu o deputado José Carlos Aleluia (DEM-BA).

O presidente nacional do PSDB, senador Sérgio Guerra (PE), pediu “responsabilidade” no debate do tema. Ainda assim, os aliados dos tucanos tratam o tema de forma mais apaixonada do que gostaria o governador paulista. “O projeto veio de dentro do Palácio do Planalto, porque o Paim é aliado do Lula. Quando na votação do Senado, o governo disse que tinha dinheiro para arcar com o reajuste. Nós aprovamos. A proposta é de um petista, oras”, criticou o senador Agripino Maia, líder do DEM no Senado.

2 comentários:

Anônimo disse...

Serra não tem noção do que está fazendo. Fez uma auditoria? De onde tirou os dados para chegar a conclusão de que de fato a previdência tem problemas de caixa? NÃO existe registros contabeis em separado, o SIAFI, infelizmente, não controla, tudo que entra vai para o caixa único, o que facilita o desvio de valores para cobrir despesas correntes. Quem quiser conferir, basta olhar a LDO e outros relatório existentes. Terá uma surpresa!!!!!

Anônimo disse...

Alias, Serra não tem noção de nada!
Que decepção. Não adianta, sai um traidor entra outro. Porque cismam com os aposentados??? O que eles tem que entender é que o governo nos deve e não estamos pedindo nada. Tiraram o dinheiro de nossa Previdencia para varias obras durante muito tempo e não nos devolveram. Agora se negam a pagar o que nos é de direito. Porque só os aposentados pagam a conta ???
Porque judiar dos idosos????

Serra voce perdeu a oportunidade de ganhar a eleição o ano que vem.

Aposentados do meu Brasil não votem na Dilma e nem no Serra pois eles continuarão pisoteando os idosos.
O Sr. Lula alem de trair e debochar os aposentados,com o veto que deu e dara, ja esta fazendo campanha nos palanques promovendo a Dilma. Agora lançara um filme de sua vida antes de ser presidente.
Cade a justiça eleitoral????

Fiquem sabendo que muitos honrados nordestinos vieram para S.Paulo e Rio, até em piores condições que o Sr.Lula, e honraram suas histórias, sua família, sua orígem ,e, não trairam. Venceram honradamente sem precisar mentir e trair para ocupar algum cargo.

O Sr. Lula tem obrigação moral com os aposentados e trabalhadores!

Deveriam fazer um filme mostrando os escandalos do Mensalão, Zé Dirceu, Delubio, Genuíno, A trairagem dos deputados do PT e da base, As cpis não aprovadas, O Lula falando que não sabia, os escandalos das ONGS, as incoerencias do PT.

O filme deveria ser chamado de:
" O Dolar na Cueca!"