"Aqui é coisa séria", diz recordista de votos






















Um grande tumulto formou-se ontem nos corredores da Câmara dos Deputados, em razão da visita do deputado eleito e recordista de votos: Francisco Everardo Oliveira Silva, o Tiririca (PR-SP).

Perguntado qual seria o seu primeiro projeto? Tiririca não parou para pensar: "comprar um apartamento", disse.

Tiririca (PR-SP), visitou o Congresso pela primeira vez e disse que chegou "em um bom dia", referindo-se à votação, nesta quarta-feira (15), do aumento de salário dos parlamentares.

"Dei sorte", afirmou Tiririca no início da tarde, antes da aprovação do reajuste pela Câmara. Enviado para o Senado, o projeto também foi aprovado e entrará em vigor assim que publicada. Segundo o deputado eleito, a proposta de aumento é "bacana" e "legal".

Sobre o que achou da Câmara, o deputado eleito garantiu: "Aqui é coisa séria. Tiririca, só lá fora".

Nota do blog: É este o nível da próxima legislatura.

6 comentários:

Anônimo disse...

Provavelmente será o mais realista em suas afirmações e atitudes!
Já que os mais providos de estudo e diplomados até os dentes por tanto estarem munidos de estratagemas deixam o povo á ver navios quando a realidade vem á tona; NÃO DEIXAM RASTROS!!

Luiza Duarte Leão disse...

Acho que devemos ficar felizes. Ele é tão ingênuo que ainda não sacou que, com uma maracutaia bem feita, esse apartamento é bobagem. Dá pra comprar uma mansão na beira do lago.
De qualquer forma, duvido que ele consiga fazer uma maracutaia bem feita.

Val-André Mutran  disse...

Luiza como ele é mais exposto que os outros. Será dificil ele aprontar nesse nivel.
Será?

Luiza Duarte Leão disse...

Sim. Além da exposição, há a falta de preparo também. Sinceramente, o Tirica é o menor dos problemas do Congresso. Tem pessoas ali com um potencial explosivo e o povo se importando com um cara que provavelmente vai ser o mais ausente da história.
Duvido que ele apresente um projeto sequer, além da planta do apartamento.

Val-André Mutran  disse...

Só "cobra criada", não é mesmo anônimo das 9:53?

Val-André Mutran  disse...

Se ele optar por morar em Brasília, durante os quatro anos do mandato, ele não precisará se preocupar com planta de apartamento Luiza.
Os deputados têm direito a uma mansão de 280 metros quadrados. Podendo escolher a localização:
Asa Norte ou Sul, no Plano Piloto.