Beija-Flor emociona o Rei e seus súditos

Danilo Verpa















No detalhe, atrás do Rei, a bandeira do meu Pará

Roberto Carlos Braga (Cachoeiro de Itapemirim, 19 de abril de 1941), mais conhecido como Roberto Carlos, é um cantor e compositor brasileiro. Ele foi um dos primeiros ídolos jovens da cultura brasileira, liderando o primeiro grande movimento de rock feito no Brasil. Além dos discos, estrelou um programa na TV Record, chamado Jovem Guarda (que batizou esse movimento de rock), e filmes inspirados na fórmula lançada pelos Beatles - como "Roberto Carlos em Ritmo de Aventura", "Roberto Carlos e o Diamante Cor-de-rosa" e "Roberto Carlos a 300 km por Hora". Atualmente continua se apresentando com freqüência e produz anualmente um especial que vai ao ar na semana do Natal pela Rede Globo, mesma época em que costumavam ser lançado seus discos anuais.

Carinhosamente chamado pelos fãs de "Rei", foi homenageado pela Escola de Samba Beija-Blor, de Nilópolis (RJ). O enredo “A Simplicidade de um Rei” foi apresentado ao público quando o dia amanhecia no Sambódromo. Se era para emocionar, a Beija-flor foi além do imaginável.

Carros alegóricos jamais vistos. Fantasias deslumbrantes. Bateria impecável. Neguinho da Beeija-Flor, o puxador do samba enredo – melhor do que nunca. Utilização das mais avançadas tecnologias cênicas na Comissão de Frente; ancoradas por 4 mil brincantes e um número jamais visto de celebridades da cultura nacional distribuídas no carros alegóricos enas alas, literalmente levantaram o astral do lugar.

A trasmissão do carnaval carioca é uma das jóias da corôa da Rede Globo de Televisão, que a veicula em 175 países via Globo Internacional.

O desfile encerrou os dois dias de carnaval, promovendo, mais uma vez, o Rio de Janeiro – sede da emissora – como uma das cidades mais interessantes do Mundo.

Veja as fotos do desfile da Beija-Flor.




































































O artista que mais vendeu discos no Brasil
– O "RankBrasil", criado em 1999, reconhecido nacional e internacionalmente, é referência para pesquisas de cunho educativo, informativo, cultural, entre outros, sendo uma referência quando se trata da homologação de recordes brasileiros em diversas modalidades. O "RankBrasil" homologou o Rei da Música Brasileira, Roberto Carlos, pelo recorde de "Cantor Brasileiro que Mais Vendeu Discos no Mundo", com um total de 120 milhões de cópias, em 50 anos de carreira. Roberto Carlos é o único artista latino-americano a superar a barreira dos 100 milhões de cópias vendidas (comprovadamente 120 milhões). Perto dele, na América latina, só a cubano-americana Gloria Estefan com pouco mais de 90 milhões. Roberto Carlos é ídolo em países como México, Chile e Argentina, além de países europeus como Itália e Espanha.

Em 1999 Roberto Carlos havia alcançado a marca de 80 milhões de discos vendidos. Uma prova incontestável de sua aceitação popular. De lá pra cá, mesmo com toda tecnologia favorável à pirataria que contribui para a crise das gravadoras com a queda da venda de cds, Roberto Carlos vendeu mais 40 milhões de discos, ou seja, na última década Roberto Carlos vendeu mais do que muitos artistas ao longo de suas carreiras.

Roberto Carlos é ao lado do cantor espanhol Júlio Iglesias, os dois maiores astros da música latina de todos os tempos.










Nenhum comentário: