Jair Bolsonaro sobe à Tribuna para defender-se de acusações contra direitos civis

A desculpa do deputado de ultra direita.

2 comentários:

Jane Mary disse...

Fico perplexa com a falta de consciência e, conseqüentemente, com a hipocrisia.
Não entendo como condenar, humilhar, chacotear, criar tamanha polêmica e confusão em cima do Deputado Jair Bolsonaro.
Num país, em que a própria Corte Suprema, conhecida como STF – Supremo Tribunal Federal, composto de onze Ministros, escolhidos dentre cidadãos, de “notável saber jurídico e reputação ilibada”, concedeu MS (30320) a um juiz, que declarou em SENTENÇA: “o mundo é masculino”, fora outras barbáries. Alegação do STF: “Liberdade de expressão”!!!!! Kakakakakakaka...
Mulheres e Amigas acreditem, se quiserem!!!!!
Não é piada... É a mais pura verdade... É público e notório.
Óbviamente, os tais cidadãos de “notável saber jurídico e reputação ilibada”, não tem mãe, devem ter nascido por divisão binária, cissiparidade ou bipartição.
Disparidade:
Agora, porque o Dep. Jair Bolsonaro, que não é Juiz, declarou apenas oralmente, não é uma sentença ou julgado, que não é a favor de gays, querem exterminá-lo? Uma coisa é não gostar, outra bem diferente, é sacramentar ou praticar crueldades e torturas.
Moral da história, ou melhor, pregando moral de cuecas: “Faz o que eu mando, mas não faz o que eu faço.”
Estão pegando o Deputado pra “bode expiatório”? Porque não tem medo de falar a verdade? Pior, são os lobos, vestidos de cordeirinhos. E esta falsa democracia enrustida.
Sofro, todos os dias, com preconceito e discriminação, nem por isso saio por aí agredindo outrem.
Pessoas com dificuldades em aceitar e respeitar o diferente? É o que mais tem neste país e no mundo.
Se não fosse assim, viveríamos em harmonia.
Jane Mary Laus Vahldick Cechett
Cidadã brasileira que luta pela justiça, sem distinção

Jane Mary disse...

Fico perplexa com a falta de consciência e, conseqüentemente, com a hipocrisia.
Não entendo como condenar, humilhar, chacotear, criar tamanha polêmica e confusão em cima do Deputado Jair Bolsonaro.
Num país, em que a própria Corte Suprema, conhecida como STF – Supremo Tribunal Federal, composto de onze Ministros, escolhidos dentre cidadãos, de “notável saber jurídico e reputação ilibada”, concedeu MS (30320) a um juiz, que declarou em SENTENÇA: “o mundo é masculino”, fora outras barbáries. Alegação do STF: “Liberdade de expressão”!!!!! Kakakakakakaka...
Mulheres e Amigas acreditem, se quiserem!!!!!
Não é piada... É a mais pura verdade... É público e notório.
Óbviamente, os tais cidadãos de “notável saber jurídico e reputação ilibada”, não tem mãe, devem ter nascido por divisão binária, cissiparidade ou bipartição.
Disparidade:
Agora, porque o Dep. Jair Bolsonaro, que não é Juiz, declarou apenas oralmente, não é uma sentença ou julgado, que não é a favor de gays, querem exterminá-lo? Uma coisa é não gostar, outra bem diferente, é sacramentar ou praticar crueldades e torturas.
Moral da história, ou melhor, pregando moral de cuecas: “Faz o que eu mando, mas não faz o que eu faço.”
Estão pegando o Deputado pra “bode expiatório”? Porque não tem medo de falar a verdade? Pior, são os lobos, vestidos de cordeirinhos. E esta falsa democracia enrustida.
Sofro, todos os dias, com preconceito e discriminação, nem por isso saio por aí agredindo outrem.
Pessoas com dificuldades em aceitar e respeitar o diferente? É o que mais tem neste país e no mundo.
Se não fosse assim, viveríamos em harmonia.
Jane Mary Laus Vahldick Cechett
Cidadã brasileira que luta pela justiça, sem distinção