Sugestões do Roberto C. Limeira de Castro para o novo futebol no Brasil

ATENÇÃO TODOS OS CLUBES E FEDERAÇÕES ESTADUAIS DE FUTEBOL DO NOSSO BRASIL VARONIL INCLUÍDOS NA CLASSIFICAÇÃO NACIONAL DA CBF
ESTAMOS PRÓXIMOS DA NOSSA VITÓRIA COM O AFASTAMENTO DO CHEFÃO

*Por Roberto C. Limeira de Castro
betoccastro@gmail.com

Há poucos dias o jornal de esportes Lance levantou no Blog do Juca uma proposta global que inclui uma série de sugestões para o novo futebol brasileiro que desponta no horizonte. A proposta foi subscrita pelo credenciado jornalista da Uol e isto é muito bom para o nosso maltratado futebol.

Estamos bem próximo da nossa vitória após 23 anos de ditadura. Não se faça de rogado, nem tenha medo de ser feliz. A Presidenta Dilma, que botou o ditador para correr e está ao lado do maior brasileiro de todos os tempos, o nosso eterno Presidente Lula, ambos do nosso lado, juntamente com o Ministro dos Esportes, Dr. Aldo Rebelo.

Pressione as suas bases estaduais para aprovação da seguinte proposta e não se contente com menos:
1. Criação do Fundo Nacional para o Desenvolvimento do Futebol – Fundebol, administrado pela CBF reunindo todos os recursos advindos dos contratos de TV para os dois semestres e quaisquer outros que venham a ser assinados.

Os recursos deste fundo não são de propriedade de quaisquer clubes isolados ou em rebelião, mas da mentora maior do nosso futebol, suas afiliadas e os seus clubes (todos ranqueados na classificação nacional, aptos e regularizados para receber).

A este fundo devem ser acrescentadas todas as receitas líquidas da seleção brasileira, todos os contratos de publicidade assinados em seu nome e todos os recursos advindos de seus jogos e promoções, inclusive uma eventual loteria, concursos e arrecadações de brindes e souvernirs.
Este fundo ultrapassará um montante de mais de R$ 2 bilhões no primeiro momento e exija transparência do seu mentor estadual.

1. Igualmente, todos os clubes relacionados e regularizados na classificação nacional terão direito ao voto para Presidente da CBF. Quem receber propina ou gratificação para votar em algum corrupto, pode ter certeza que será denunciado.

2. Sabemos que é difícil, mas não é impossível, pois depende da vontade política dos nossos Governadores, Senadores, Prefeitos, Deputados Estaduais e Federais, além de vereadores. Estamos falando da transferência da CBF para Brasília, que é a Capital do Brasil e longe da máfia dos Treze, banido e enterrado para sempre, graças ao nosso bom Jesus, que está do nosso lado. Seus restos mortais (dos treze vampiros sanguessugas) deveriam ser cimentados e jogados ao mar profundo, para jamais termos no nosso futebol uma ditadura tirana que tivemos que suportar por longos 23 anos. Todos juntos, devem execrar qualquer dirigente safado que sequer venha pronunciar esta associação imoral ou qualquer coisa parecida. É chegada a nossa vez! Aproveitem!

3. Exijam e trabalhem para a seguinte distribuição de recursos, baseada na classificação nacional e não caiam nas lábias de algum falastrão ou sem vergonha de qualquer federação, liga ou clube que titubear na sua frente. Estamos a um passo da nossa vitória. Lute, brigue, fure o cerco, bata o pé, não tenha medo de tigres de papel.

























Os valores acima são aproximados, com base em receitas previstas para o primeiro semestre com o pacote NBA do Futebol, incluindo entre 06 e 08 campeonatos regionais com início em janeiro até maio, desembocando na Copa dos Campeões Regionais do Brasil ou Copa da CBF ou ainda Copa Libertadores – Edição Brasil. No segundo semestre, teremos as quatro divisões do Campeonato Brasileiro de Futebol vendidas em Pacote Único. Neste montante de quase R$ 2 bilhões devem ser acrescentadas todas as receitas da Seleção Brasileira, já que a CBF ficará com 10% do total geral do fundo para administração do futebol brasileiro ou cerca de R$ 200 milhões. Às Federações, caberiam, também, 10% do total líquido de cada uma, valores estes destinados a cobrir todas as despesas atinentes à administração dos certames e todas as outras taxas.

Este fundo poderia ser bem incrementado, ainda, com taxas em percentuais acordados entre as partes correspondentes a placas publicitárias nos estádios, arrecadação nos estádios, percentual sobre direitos federativos recebidos de clubes do exterior e a partir do momento que os clubes estiverem livres de suas dívidas fiscais, os valores da Timemania em seu total seriam incluídos na distribuição global até completar o último clube. Existem Loterias muito mais rentáveis do que essa pobre loteria de números denominada de Timemania. Dá para se chegar facilmente à R$ 3 bilhões ou mais.

Percentual deste valor total poderia ser segregado para o financiamento de Centros de Treinamento, Estádios e outras instalações no âmbito dos clubes em todo o país, com verbas complementares do Ministério dos Esportes, para incremento dos demais esportes olímpicos de alto rendimento e também do futebol.

















Após a retirada do percentual de cada Federação, o valor líquido seria distribuído aos clubes ranqueados na Classificação Nacional acima, com base na pontuação de cada um e no respectivo e correspondente percentual. Parem de brigar, pelo amor de Deus, por merrecas e tratem de investir o rico dinheiro que não existia e desenvolver os seus clubes com grupos de atletas de alto nível e aumentar os seus percentuais na Classificação Nacional.

A hora é de união total e irrestrita e de mostrar competência na organização de cada clube.

Um comentário:

Roberto C. Limeira de Castro disse...

Caro Val! Cada vez que releio este post do Corredores, mas fico feliz de você tê-lo publicado. Pena que está acontecendo algo errado no seu Blog que elimina as figuras e imagens que mostram os números, valores e outros dados. Isto está acontecendo em vários outros posts.
Graças a esta sua cordialidade em publicar este post, este assundo de criação do Fundebol está sendo discutido em vários fóruns do país.
Obrigado e um forte abraço Carajaense.
Roberto Limeira de Castro