O Carajás. Dilma e Jatene

...Se depender da presidenta e do governador do Pará, o Estado do Carajás e todos que estão envolvidos na luta para a sua criação, podem esperar — caso insistam —, exatamente onde estão.

Dilma e Jatene apesar de adversários na política, sequer precisam combinar alguma coisa para detonar a população que luta convicta, decidida e esperançosa na crença de que, um dia, haverá a conquista do sonho dos habitantes daquela região, de obter sua autonomia política, econômica e administrativa.

Dilma e o DNIT.

— Nenhuma promessa cumprida.

Simão e mais nada.

— Porque nada... É a ausência de tudo.

Um comentário:

Roberto C. Limeira de Castro disse...

A história não se faz com vontades pessoais. Em relação aos 14 Estados a serem criados com a tão esperada Proclamação da República, Dilma e Jatene são exatamente NADA. Se não fizerem o que o povo deseja serão varridos para o lixo da história.