Jornalismo no Pará, a crise da profissão: o glamour e o lado sombrio. Com Paulo Sílber e Jorge Reis.

Um programa sobre pecados e virtudes do jornalismo, as atrações e tentações da profissão, o glamour e o lado sombrio  do jornalista. Jornalismo e empresa - e a liberdade de imprensa, no meio disso. 

A comunicação deixou de ser um território dominado por especialistas e corporações e se transformou em um ambiente frequentado pela sociedade, em que o protagonismo é das pessoas, não dos profissionais. O que o jornalista deve fazer para recuperar a relevância nesse ambiente?

Esses e outros assuntos estão na pauta desta noite, ao vivo, das 20 às 21 horas, no programa "Linha de Tiro", o penúltimo de 2018. O convidado é um dos melhores talentos da imprensa nortista, o jornalista Paulo Sílber, que já foi correspondente da revista "Veja" no Pará e tem larga experiência de atuação no comando das redações de jornais de Belém. 

O outro convidado do programa é o consultor de comunicação JorgeReis, que já dirigiu em Belém o Sistema Liberal de Rádio, e em Recife (PE), atuou na Globo FM. Atualmente, ele presta consultoria a várias empresas de comunicação, dentre elas à Rádio CBN FM, de Belém. 

Na mediação, o jornalista Carlos Mendes. O público pode participar com comentários e perguntas aos entrevistados. Os links para ver e participar do programa são os seguintes:




https://www.youtube.com/channel/UC-54N_aJhLmeQq2vtalmi2Q

Publicitário Orly Bezerra é o entrevistado do "Linha de Tiro", nesta quinta-feira à noite, ao vivo, com transmissão simultânea por este blog

Há mais de 30 anos atuando no mercado publicitário e no marketing eleitoral - onde, aliás, elegeu governadores e prefeitos no Pará e em outros estados, Orly Bezerra é o entrevistado desta noite, de 8 às 9, ao vivo, do programa "Linha de Tiro". O entrevistador é o jornalista Carlos Mendes, editor do Ver-o-Fato


Orly vai falar sobre a carreira profissional e contar "causos" de campanhas eleitorais de personagens da política paraense, além de opinar sobre a influência das mídias digitais nos métodos tradicionais de eleição de políticos.


O público vai poder participar, fazendo comentários e perguntas ao entrevistado. Como tem acontecido nas últimas edições do "Linha de Tiro", uma rede de sites e blogs espalhados pelo Pará estará retransmitindo o programa.


Os links para assistir o programa e dele participar são os seguintes:

Facebook.

Ver-o-Fato.

Instagram.

YouTube.

E neste Blog.