Remotas as chances de Luis Otávio para vaga no TCU

São praticamente nulas as chances do senador Luis Otávio ter seu nome como o indicado pelo Senado Federal para a vaga a ser preenchida no Tribunal de Contas da União.

Foi mais uma vez prorrogado prazo para as indicações à única vaga existente.

O prazo da Câmara dos Deputados para indicar nomes para ocupar a vaga de ministro do Tribunal de Contas da União foi prorrogado para as 20 horas da próxima terça-feira, 21/11.
A votação em Plenário deve ocorrer no próximo dia 22/11.

Algumas lideranças já fizeram indicação. O cargo, que é vitalício, oferece ainda o salário de R$ 23.275,00, bem maior do que um deputado ou senador, que é de R$ 12.847,00.

Dos cinco deputados indicados, até o momento, apenas Osmar Serraglio (PMDB-PR) foi reeleito em outubro. Os outros candidatos são Aroldo Cedraz (PFLBA), Gonzaga Mota (PSDBCE), Antônio Fleury Filho (PTB-SP) e Paulo Delgado (PT-MG) ocupam cargos para apenas esta legislatura. O secretário-geral da Mesa, Mozart Vianna de Paiva, do PSC, também está lista para
ocupar o cargo.

O Senado Federal tem direito a uma indicação, mas até o momento não tem nome definido.

Na Câmara, segundo o presidente Aldo Rebelo, há muitos pedidos, de líderes, para que a votação seja adiada para o dia 29.

O deputado Paulo Delgado (PT-MG) é o predileto da base do governo e deve ser o indicado pela Câmara.

Com a palavra o PMDB.

Nenhum comentário: