Nota do Deputado Giovanni Queiroz em apoio incondicional aos aposentados e pensionistas

O blog publica nota à imprensa do deputado federal Givoanni Queiroz (PDT-PA) de apoio incondicional aos pleitos dos aposentados e pensionistas do Brasil.

Brasília (DF), 21 de agosto de 2009.

Nós do PDT, pela história que temos desde sua origem com Getúlio Vargas e posteriormente com Leonel Brizola, seremos sempre fiéis aos nossos dogmas partidários que é a defesa intransigente dos nossos trabalhadores; sejam eles da ativa ou aposentados.

Eu, por convicção, estou na mesma linha de meu partido, ou seja, apoiamos os pleitos sugeridos pelos aposentados e pensionistas do Brasil.

Giovanni Queiroz

Deputado Federal

PDT-PA

13 comentários:

Alain disse...

Deputado Giovanni Queiroz, agradeço sua preocupação com os construtores de nosso Brasil que são os aposentados, sem eles não teria este pais que temos, agradeço em nome de todos os aposentados e conto com os senhores do PDT do estimado Brizola para que voces devolvam a dignidade a nos aposentados assim podemos ter um fim digno. Fique com Deus. Alain

Cleia Carvalho disse...

Tomara a Deus que esta história termine logo para o bem de todos os aposentados. basta de tanto sofrimento.

JOSE MARQUES disse...

OS APOSENTADOS E PENSIONISTAS DO EX-BANESPA, HOJE SANTANDER ESTÃO HÁ ANOS COM INCANSÁVEL AJUDA,DOS SENADORES PAULO PAIM,SUPLICY E DEP. MARQUEZELLI, TENTANDO READIQUIRIR SEUS DIREITOS ADQUIRIDOS, QUE A PRÓPRIA ADVOCACIA DO SENADO FEDERAL EM
Parecer da Advocacia-Geral do Senado exarado no Processo nº 7695/05-5,, é conclusivo no sentido de que a Resolução nº 118/97 vem sendo descumprida e recomenda o encaminhamento para o Ministério da Fazenda, para a Advocacia-Geral da União e para o Ministério Público Federal, para as providências cabíveis. Vários dos documentos que constam do referido processo e particularmente as Notas Técnicas nº 2.024, de 2004 e 540, de 2005, elaboradas pela Consultoria Legislativa do Senado Federal, expõem com clareza as peculiaridades dos direitos dos citados funcionários e a vinculação dos títulos federais à satisfação dos compromissos previdenciários assumidos pela União quando da federalização do Banespa, em substituição ao Governo do Estado de São Paulo.
PERGUNTO : POR QUE OS PARLAMENTARES DO CONGRESSO NACIONAL NÃO FAZEM COMO VOSSA EXCELÊNCIA E DETERMINAM QUE SE CUMPRAM AS LEIS DE NOSSO PAÍS, AINDA MAIS QUE DIZ RESPEITO À NOSSA CONSTITUIÇÃO E TAMBÉM A LEI DOS IDOSOS ?????

SERÁ QUE ESTÃO TÃO DESACREDITADOS QUE NÃO CONSEGUEM NEM FAZER VALER NOSSAS LEIS??


ATENCIOSAMENTE
JOSÉ MILTON DE ANDRADE MARQUES

Anônimo disse...

Assunto: revisar os índices de produtividade para reforma agrária.
Li em um jornal sobre o tema e um leitor fez um comentário bem pertinente, se possível Val, levar ao conhecimento do Dep.G.Queiroz.
"Concordo com O CNA. A decisão do governo é um grande absurdo. O que mais incomoda é que os assentamentos não tem que cumprir as mesmas metas impostas aos agricultores. Os assentados, na maioria dos casos, tem índices de produção muito baixos, ficam dependendo de todo o tipo de ajuda do governo, obrigando a sociedade a pagar três vezes: A primeira quando o dinheiros dos impostos é utilizado na compra de terras que serão improdutivas, segundo porque haverá ajuda eterna a maioria dos assentados e terceiro porque o agronegócio passa a gerar menos divisas e tributos para o país. Já está na hora de mudar o modelo da Reforma Agrária. Quando o INCRA desapropria terras, deveria abrigar a área sob o modelo de uma Cooperativa. Os assentados teriam 30/40 anos para pagar o valor da sua terra com produção agrícola. A Cooperativa poderia investir em colheitadeiras, tratores, técnicos habilitados, armazenagem e comercialização. Passados, por exemplo, 30 anos, os lotes (integralmente pagos!!!) seriam transferidos para os respectivos proprietários e a Cooperativa poderia ser extinta. Os agricultores trabalhariam 10 horas por dia na lavoura e à noite teriam que fazer cursos profissionalizantes. Aos sábados, domingos e feriados, passariam boa parte do tempo estudando ou trabalhando na lavoura, enfim, agiriam como verdadeiros "classe média" ou "burgueses", que precisam fazer um esforço enorme para vencer na vida, ao contrário do que pensa o MST& Companheiros. Veriam que a vida dos burgueses não é fácil. Isso ajudaria a acabar com a eterna ignorância (ou estratégia inteligente?) desses baderneiros que se intitulam vítimas da sociedade. Aliás, é muito comum nos assentamentos atitudes 100% capitalistas como, por exemplo, alugar suas terras e viver da renda desse aluguel. É sempre assim, as esquerdas tem uma ideologia para justificar a sua eterna baderna. Quando estão no poder, ou quando tem a chance, fazem exatamente aquilo que condenavam. Socialista enquanto pobre, capitalista convicto quando pode. Enfim, precisamos organizar esses movimentos sociais, caso contrário, em breve, a parcela da sociedade que trabalha e produz se tornará vítima dos movimentos sociais. os esquerdinhas de plantão vão consumir acabar com tudo que está dando certo até que não haja mais nada e, então, os dinossauros tomarão conta do planeta e a história se repetirá."

Anônimo disse...

Ah! esqueci de agradecer e dizer que contamos com o apoio do Dep.G.Queiroz para atingir nossos objetivos. Os aposentados estão em situação muito difícil. Precisamos do apoio do deputado e da seriedade com que tem atuado até hoje.

odoaldo disse...

Deputado Giovanni Queiroz, os aposentados e pensionistas do Estado do Pará, sabedores do compromisso que o seu Partido o PDT tem com os trabalhadores, não esperavam outra atitude senão esta que o senhor demonstrou em relação ao apoio às nossas lutas pela justiça e pelo recomposição dos nossos benefícios tao vilipendiados pelo governo "do povo".
Teremos muito a lhe agradecer, se o senhor conseguir o maior apoio dos seus colegas, no sentido de votarem a favor dos nossos pleitos.
Os aposentados e pensionistas do Estado do Pará e porque não dizer de todo o país, lhe agradecem pelo incondicional apoio.
Odoaldo Vasconcelos Passos
Aposentado/Belém-PA

Anônimo disse...

Ilustre Deputado Giovanni Queiroz. Permita-me parabenizá-lo pela sua boa intenção de ajudar os aposentados do Brasil que ganham mais do um SM com relação a atualização dos seu benefícios. Rogo(amos) que tenha força suficiente para induzir seus colegas a votarem a favor da Lei do Ilustre Sen. Paulo Paim, autor do projeto.

vozac disse...

Ilustre Deputado GIOVANNI QUEIROZ. Permita-me parabenizá-lo e lhe agradecer por mim (nós) aposentados do INSS com benefícios acima do SM face seu interesse em nos defender em Plenário. Gotaria(mos) de enfatizar que V.S. terá um grande problema pela frente que é o de tentar induzir/convencer seus colegas que é chegada a hora de corrigir uma falha do sistema adotado pelo Governo que é o de "buscar votos" somente na classe menos favorecida, criando as chamadas "BOLSAS" da qual não sou(mos) contrários porque traz beneficios. Por favor, pesso(imos) lute mesmo. Seu esforço será reconhecido. O Ilustre Sen PAULO PAIM já consegui fazer valer o projeto dele no Senado.

Saul Carvalho de Freitas disse...

Tomara QUE MAIS DEPUTADOS se unao e este a favor de nos aposentados e saia este tão esperado reajuste estarei torcendo.

Sebastião Moretti disse...

Nobre Deputado, desde já agradeço seu pronuncimanto e seu apoio aos aposentados. ESperamos, nobre deputado, que os demais também se espelham em V. Exa., também dando seus apoios. Nobre deputado, esperamos que nesta reunião de 24/08/2009, o governo atenda nossos anseios, cuja promessa já feoita por este governo, lá nas campnhas eleitorais. Não podemos, nobfre deputado, que estas reivindicações sejam prolongadas ainda mais para serem atendidas, pois já faz muito tempo. Esperamos que seja colocado em discução aí no Plenário, e que as discuções com sindicatos, já se esgotaram. Nobre deputado nossa vida passa e o tempo não para, portanto esperamos que mais deputados, tenham consciência, de que pagamos muito caro, e que este famigerado fator previdenciário, arranca parte de nossa vida. Muito dolorido nobre Deputado. Deus abençoe e pabaenizo pela sua escolha, que é pelos menos favorecidos, os mais indefesos. Pode ter a certeza que estás fazendo a coisa certa. São pais de famílias, que são arrimos, socorrem filhos desempregados,e muitas vezes até netos. Parabéns Nobre Deputado. Pode ter a certeza, que será retribuido politicamente, pois são milhões de trabalhadores e aposentados que V. Exa. defende. O Sr. está salvando muitas famílias, pois famílias são sagradas, são degnios de Deus. Elas não podem sofrerem por falta de recursos justamente nos momentos mais difíceis. Muito obrigado.

Antonio D Agrella disse...

Acredito que chegou a hora dos velhinhos aposentados,que ganham acima do mínimo, e espero que o Deputado Giovanni Queiroz, Arnaldo Faria de Sá e todos do Congresso Nacional, aprovem imediatamente o Projeto do Senador Paulo Paim do PT
Os aposentados não querem esmolas, querem a sua dignidade de volta, pois pagaram a vida toda sua contribuição, para isso, e agora, seus salários estão corroidos em até 70% ao tempo. Não esqueçam dos velhinhos, que esperam sua dignidade há muito tempo.

paulo rocha-RS. disse...

Os aposentados e trabalhadores brasileiros do RGPS têm no Deputado Giovanni Queiroz o reconhecimento sincero de um Parlamentar correto. Felizmente, já não estamos sós. Além do Senador Paim, incansável lutador contra as injustiças que, há muitos anos, vêm massacrando milhões e milhões de brasileiros, tornando suas vidas um verdadeiro martírio, o Deputado Giovanni vem de nos dar esse grande e oportuno apoio. Que esse nobre exemplo frutifique junto aos nossos Congressistas.Que a decisão que será tomada dia 24 de agosto honre a lembrança do maior defensor dos trabalhadores deste País, Getúlio Dornelles Vargas. Paulo Rocha.

Ismar José Teixeira disse...

Excelentissimo Deputado Giovanni Queiroz, o vosso apoio aos aposentado é uma meta do PDT e fico satisfeito com o seu trabalho e prol da classe que um dia irei compor. A citação a Vargas e Brizola enriqueceu a sua oração, mas esqueceu de citar o nosso saudoso Jango Presidente das Reformas. Infelismente temos no PDT pessoas que estão interessadas unicamente em seus cargos em qualquer partido que o ofereça, práticas do PMDB.