Um dinossauro tranca a pauta do Senado

O presidente do Senado Federal José Sarney (PPMDB-AP), se recusa a usar o mesmo expediente do presidente da Câmara, Michel Temer (PMDB-SP), que em sessão extraordinária tem votado matérias apesar da pauta trancada por medidas provisórias (MP).

4 comentários:

Anônimo disse...

Tai, agradeço como cidadã brasileira aos eleitores qu o elegeram como senador. Como tambem peço desculpas pois votei errado.

Hoje logo cedo, comentavamos sobre Luther King e resumindo:"o que me assusta é o silencio dos bons".

Da nojo!O PMDB e o partido mais etico do Brasil da boca para fora, o PT!

Val-André Mutran disse...

A ética foi pra lata do lixo anônimo das 7:40.

Anônimo disse...

gostei das colocações e veio-me a lembrança os tempos de FHC, onde o governo juntamente com a midia transformou o servidor publico responsavel por todas as mazelas nacionais.
Temos que lembrar tb que situaçoes tipo sarnei e outros são ainda herança do periodo sem democracia, quando a população era convencida a acetar a lei de gerson, os politicos tinhan que levar vantagem em tudo.

Cabe a nós continuar a enraizar a democracia, e continuar a educar nossos descendentes para que não se permitam abusos iguais no futuro.

Val-André Mutran disse...

Quem sabe uma dia isso não comece a mudar não é mesmo anônimo das 7:40