Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens com o rótulo PA-150

Governadora defende projeto que federaliza trecho Marabá-Redenção

Brasília - A solicitação de apoio para diversos projetos de interesse do Pará esteve na pauta da audiência da governadora Ana Júlia Carepa com o presidente do Senado, José Sarney (PMDB-AP), nesta terça-feira (12). Um dos assuntos mais importantes é o projeto de lei que federaliza a rodovia PA-150, no trecho entre os municípios de Marabá e Redenção.Desde o ano passado, a proposição aguarda para ser incluída na Ordem do Dia do Senado. De acordo com a governadora, esse trecho da rodovia, de 310 quilômetros, é estratégico para o desenvolvimento da região sul do Pará.O projeto de federalização, de autoria do deputado federal Zequinha Marinho (PMDB-PA), inclui a PA-150 no Sistema Rodoviário Federal. O trecho da rodovia especificado no projeto começa no entroncamento com a BR-158, a 17 quilômetros da cidade de Redenção, e inclui as cidades de Rio Maria, Xinguara, Eldorado do Carajás e Marabá, onde cruza a BR-222."Essa é uma rodovia que precisa se tornar federal. Pelos investimentos, pel…

PA-150 entre as piores estradas do Brasil

Mais um triste título para o Pará em reportagem nacional. A PA-150 - Eldorado dos Carajás-Sapucaia e Rio Maria - trevo de Floresta do Araguaia (PA) - está entre as piores do Brasil, segundo a revista 4 Rodas.

"Atravessar o sul do Pará é um desafio crônico a qualquer motorista. Estradas esburacadas e perigo de assalto são ameaças constantes", destaca a reportagem.

O abandono do Sul do Pará

Crédito: Paulo H. Carvalho/CB

O jornalista Lúcio Vaz, da equipe do Correio Braziliense, esteve a trabalho no Sul do Pará esta semana. Veja o que disse o repórter em seu concorrido blog.

Começo a dar razão àqueles que defendem a criação do estado de Carajás, num desmembramento do Pará. Sempre resisti a idéia, por achar que a criação de novas unidades da Federação acaba gerando novas despesas na sua implantação, além da manutenção de uma nova assembléia legislativa, uma nova sede de governo, um novo tribunal de Justiça. Enfim, tudo isso custa dinheiro. Em andanças pelo Sul do Pará, porém, percebi o abandono das estradas daquela região. E essa é uma das queixas dos, digamos assim, separatistas.

Continue lendo.

Acesse o blog do Lúcio Vaz aqui.