Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens com o rótulo Techno

A usina sonora do Chemical Brothers num raro show

A usina sonora do Chemical Brothers num raro show.



Em Sampa. Supershow em 2004.


Com Carl Cox no Point Teathe.



Sou fã há muitos anos e tenho tudo dos caras.


Compartilhando Chemical Brothers com vocês agora.
Confira onde eles farão show. Minhas imagens do Chemical. Cd's, Lp's, Ep's, Remixes, edições exclusivas... Assisti pessoalmente boa parte da história dessa banda... É Som. Muito som. Espero que gostem.



Ouçam também - Barry De Vorzon and Perry Botkin JNR "The Riot" (18:18) -The Ultraviolet Catastrophe "Trip Harder" Manic Street Preachers "Everything Must Go (the Chemical Brothers remix)" Spiritualized", "I Think I'm In Love (Chemical Brothers vocal remix).

Breaking on by Chemichal Brothers

Show ao vivo na BBC londrina. Música de vanguarda para iniciados.
Essa é a parte II do set list. Inverti a seqüência propositalmente. A primeira parte você pode ouvir e baixar a partir do share do tocador. O Chemical é uma reunião bem sucedida desse segmento pop. Demonstração ao vivo de dois grandes djs, produtores e performances da mass musik eletronik. Ouçam o baile de programação de sintetizadores e softwares de percussão, a partir de 12:38 no timer do tocador.
Esse som vai para o querido primo Jr. Mutran.
P.S. 1.: Primo, estarei ai em julho. P.S. 2.: A seqüência encerra com The Beatles - Tomorrow Never Knows. Inicio, acima com Beatles by Chemical Brothers. Brothers à todos.

A música eletrônica é a locomotiva de vendas

As máquinas de luxo da música eletrônica francesa
Chama-se de “French Touch” a técnica e a sensibilidade que, em dez anos, alçaram, a música eletrônica* francesa à posição de modelo de criatividade e inovação. Tecno, house, trance, garage*…, os reis do French Touch misturam gêneros, que são mixados* nos clubes*, fazem experiências na produção e compõem os próprios álbuns.

Apesar de serem, por vezes, pouco conhecidos na França, eles se tornaram verdadeiros porta-vozes no exterior, lotando os lugares mais badalados do planeta graças ao som universal e aos hits, a maioria em inglês. Símbolos de certa “classe” à francesa, estrelas discretas ou melhores amigos dos VIPs*, os reis da música eletrônica francesa permitiram que fosse conhecida uma corrente até então exclusiva dos iniciados. Apresentação.

Laurent Garnier, o porta-voz
Pioneiro da música eletrônica na França, Laurent Garnier, quarenta e um anos, é considerado um dos melhores DJs* do mundo. Em 1987, começou na profissão trabalhando no…