U2 nos 50 anos de Brasília


























Conversando ontem com um dos assessores do Vice-Governador de Brasília, o bilionário empreiteiro Paulo Otávio, soube que o mesmo não se contenta com a abertura da Copa do Mundo de 2014. "Vamos abrir a Copa. São Paulo ou Rio fechará".

Os negócios de PO estão direcionados ao Turismo como apêndice principal do Grupo Paulo Otávio.

Segundo meu confidente amigo, PO que já era sócio do Brasília Alvorada Towers, comprou o controle acionário do melhor hotel de luxo de Brasília da empresária nipo brasileira Chieko Aoki -- uma das mulheres mais ricas do mundo -- numa transação de quase meio bilhão de dólares, e agora quer trazer o U2 para as comemorações do 50 anos da Capital Federal.

Desde já, trocando idéias com meu informante, será o maior show jamais realizado no mundo.

A expectativa de PO para o desafio é fazer um teste da capacidade operacional de Brasília para receber 3 milhões de pessoas com total segurança, empresas aéreas e rodoviárias fazendo um desconto jamais visto na história deste país, rede hoteleira absolutamente lotada e o Comércio "morrendo" de alegria, seria um ensaio para a Copa.

Será que PO conseguirá?


















José Roberto Arruda (E) e Paulo Otávio (D), Governador e Vice-Governador do Distrito Federal

Arruda o governador do DF disse que assina embaixo.

Os flanares vem para essa onda?

Será dia 28 de abril do ano que vem.

Preparem as redes. Minha casa está as ordens.

Um comentário:

Anônimo disse...

Aproveito para dizer que, na minha opinião, o trabalho do Governador Arruda está fazendo a diferença. Brasília agradece.