Novo blog no pedaço

Recomendo a leitura do excelente blog Contraponto do amigo e jornalista Wilson Rebelo.

Já linkado nos prediletos ai ao lado.

Sucesso Wilson.

Movimento Nossa Cidade articula sociedade por uma Brasília melhor























Iniciado em grandes cidades do 1º mundo, o Nossa Cidade desembarca em Brasília após o sucesso em São Paulo.

É um modelo de participação cidadã que tem dado certo como instrumento de pressão para avanços de uma cidade ideal.

Wagner Rossi, da Agricultura, pede demissão

O ministro Wagner Rossi é o 4º minitro a deixar o cargo no governo Dilma Rousseff.

Três por suspeitas de corrupção e um por incontinência verbal.

A presidente está varrendo a galera pra fora de seu governo. A sociedade apóia.

14º Congresso Brasileiro de Mineração e à Exposição Internacional de Mineração – EXPOSIBRAM 2011























Clique na imagem para ampliá-la.

Senadores formalização apoio a Dilma Rousseff

Parlamentares prometem discursar na 2ª em apoio a Dilma e contra a corrupção

Nove senadores já se inscreveram para falar na sessão Plenária do Senado de segundafeira em apoio às ações da presidente da República, Dilma Rousseff, no combate à corrupção. A informação é do senador Pedro Simon (PMDB-RS), que está à frente do quechamou de "movimento" de suporte à chefe do Poder Executivo, atualmente às voltascom pressões em sua própria base parlamentar contra uma ação moralizadora, segundo o noticiário.

Além do próprio Simon, estão inscritos Cristovam Buarque (PDT-DF), Ana Amélia Lemos(PP-RS), Paulo Paim (PT-RS), Marcelo Crivella (PRB-RJ), Pedro Taques (PDT-MT), Wilson Santiago (PMDB-PB), Mozarildo Cavalcanti (PTB-RR) e Eduardo Braga (PMDBAM). Conforme a assessoria do parlamentar peemedebista, Simon conta ainda com Luiz Henrique (PMDB-SC), Casildo Maldaner (PMDB-SC) e Roberto Requião (PMDB-PR), entre outros.

“Vamos demonstrar ao Brasil o pensamento de uma grande maioria do Senado Federal em relação à hora que estamos vivendo. A tese é dar força à presidente da República para que ela faça um governo com integridade moral e ética. Vários parlamentares virão aqui dizer o seguinte: presidente, conte conosco”, assegurou o senador gaúcho, ao encerrar a sessão desta sexta. “Logo que o senhor me convidou para a segunda-feira, inscrevi-me imediatamente, porque quero estar nesse grupo”, assegurou o senador Cristovam Buarque (PDT-DF), o último a discursar. Em entrevista à Agência Senado, a senadora Ana Amélia (PP-RS) confirmou sua presença.

“A presidente Dilma vem mexendo com interesses sensíveis da sua base de apoio e, embora eu seja uma senadora independente dentro de um partido da base, eu acredito que essa é a hora de dar a ela o suporte político necessário. Simon explicou que não se trata de solidariedade a Dilma no sentido de apoio programático à presidente da República. De acordo com o parlamentar do PMDB, há entre senadores simpáticos à "faxina" promovida pela presidente quem é a favor e quem é contrário ao programa do governo. E não se trata, igualmente, acrescentou Simon de "apoio unânime no sentido de que ela não tenha cometido equívocos". Entre os possíveis erros de Dilma estaria a maneira autoritária de tratar os integrantes do governo e parlamentares. A presidente deveria ter "mais jogo de cintura", no entender de Simon.

De todo modo, não se justificariam as manchetes dos jornais afirmando que o Congresso se movimenta contra Dilma, inclusive com ameaças de votar projetos capazes de, a essa altura, complicar a vida do Executivo. Haveria também ameaças no sentido de impedir votação de matérias importantes. “Seria uma pressão do Congresso para que a presidente saia dessa linha de seriedade”, avaliou o senador do PMDB Simon relatou ainda o resultado de contatos que tem mantido com dirigentes de instituições da chamada sociedade civil.

MOVIMENTO
A Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), a Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) e várias outras entidades estão fazendo um movimento nacional no sentido da seriedade e da responsabilidade.

II Forum sobre Hidrovia – As hidrovias como fator de desenvolvimento brasileiro























Convite do II Forum sobre Hidrovia – As hidrovias como fator de desenvolvimento brasileiro, a ser realizado por esta comissão em parceria com a Agência Nacional de Transportes Aquaviários – ANTAQ.



Brasília, 09 de agosto de 2011

COMISSÃO DE VIAÇÃO E TRANSPORTES – Brasília/DF

Carajás e Tapajós é 77



O TSE acaba de sortear oa números que serão utilizados para as camapnhas do SIM e do Não, do plebiscito sobre a criação dos Estados do Carajás e do Tapajós, a partir da emancipação político administrativa do Estado do Pará.

O SIM será o número 77. O NÃO será o 55.

A primeira pergunta nas urnas será:
1- Você é a favor da divisão do Estado do Pará para a criação do Estado do Tapajós?

A outra pergunta é:
2- Você é a favor da divisão do Estado do Pará para a criação do Estado do Carajás?

Portanto, meus amigos (as). Somos o 77 para o SIM do Carajás e do Tapajós.

A equipe do SIM


















Coordenados por Mauro Hyde, Clauber, Dgeison, Roberto e Val-André. A turma do SIM em Brasília.
Posted by Picasa

Prefeita Maria do Carmo é Carajós
















A prefeita Maria do Carmos acaba de fazer um baita discurso de união das regiões do Carajás e do Tapajós, afirmando que ela é Carajós, a junção das duas regiões em prol da crição dos dois novos estados.
Posted by Picasa

Todos empenhados


















Adriana, Auxiliadora e Landi, do gabinete do dep. fed. Zequinha Marinho, dando suporte ao evento.
Posted by Picasa

Deputada Bernadete apresenta ótimas sugestões para a Frente
















Uma das fundadoras do Partido dos Trabalhadores no Pará e do Núcleo de Marabá, a deputada Bernadete ten Caten fez um excelente discurso para a platéia no lançamento da Frente Parlamentar Pró Cariação dos Estados do Carajás e do Tapajós.

Dentre suas sugestões ela acredita que "temos todas as condições de esclarecer a todos sobre os dados e fundamentos que sustentam a criação dos novos estados".

A líder petista, sugeriu, ainda, que os membros da Frente Parlamentar marque uma audiência com o ministro Gilberto Carvalho, secretário geral da Presidência da Repúiblica para que seja discutido com o executivo federal, a importancia da criação desses dois novos estados.
Posted by Picasa

Mesmo cobrado dep. Wandenkolk reafirma apoio aos dois novos estados
















Dep. Wandenkolk esclarece que a campanha do Carajás e do Tapajós não está "nadando" em dinheiro como os adversários estão pregando.


Posted by Picasa

Dep. João Salame defende a criação dos dois estados
















O dep. estadual João Salame (PPS) defendeu com veemência a criação do Carajás e do Tapajós como instrumento de desenvolvimento e justiça social.
Posted by Picasa

Discussões avançam
















Os parlamentares traçam estratégias para essa fase de pré-campanha.
Posted by Picasa

A alegria do evento
















Nossa força política vibrando após a execução do jingle da campanha, composto e concebido pelo publicitário Duda Mendonça.
Posted by Picasa

Lideranças das duas regiões emancipancionistas presentes
















É o Carajás e o Tapajós unidos pelo SIM!
Posted by Picasa

Cobrindo o evento
















Concentrado no trabalho.
Posted by Picasa

Carajás e Tapajós: O povo está unido em prol da emancipação de suas regiões





"O sentimento que une os povos das regiões Oeste e Sul/Sudeste do Pará em prol da criação dos estados do Carajás e do Tapajós é o que nos move e estimula ao longo dos anos".

Frentes parlamentares sobre criação de estados serão lançadas às 10h00

Fotos: Val-André Mutran

















Parlamentares começam a chegar ao evento


















Perspectiva do Plenário II

















Equipe do gabinete do deputado Giovanni Queioz, a postos para cobrir e dar suporte ao evento

O blog estará gerando conteúdo de texto e imagens em tempo real dos acontecimentos da manhã de hoje na Câmara dos Deputados, quando do lançamento das Frentes Parlamentares Pró Criação dos Estados do Carajás e do Tapajós, diretamente do Plenário II, do Corredor das Comissões, no Congresso Naciona em Brasília.

Os simpatizantes e militantes da emancipação do Oeste e Sul/Sudeste do Pará começam a chegar no recinto.

Está tudo pronto para a festa da democracia.