Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens com o rótulo Geologia

Plano da ANP prevê investimentos de 1,57 bi em estudos geólogicos

Só 7% das bacias sedimentares brasileiras são conhecidas. A exploração acontece só em 4,7%. Apesar da área de estudos dessas bacias contar com orçamento de R$ 2 bilhões, só teve acesso a R$ 200 milhões em 2006. A Agência Nacional de Petróleo (ANP) tem Plano Plurianual 2007/2012 com investimentos de R$ 1,57 bilhão para tentar reverter este quadro, que recebeu duras críticas dos palamentares da Comissão da Amazônia, Integração Nacional e de Desenvolvimento Regional (CAINDR), em audiência pública realizada esta manhã (5/7).O presidente da ANP, Haroldo Lima, apresentou o atual estágio da atividade produtiva petrolífera na Amazônia brasileira, cuja bacia de maior potencial de produção é a do Solimões. As bacias Acre e Madre de Deus, Alto Tapajós, Tacutu e Marajó têm seus potenciais pouco conhecidos, disse Lima.Haroldo Lima disse também que mesmo a do Solimões, considerada a mais produtora, tem apresentado declínio. Ela possui três campos: Leste do Urucu, Rio Urucu e Sudoeste d…