Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens com o rótulo Tecnologia

O paradoxo do iPad brasileiro

"China, Coreia do Sul, Vietnã, Filipinas e Costa Rica fabricam produtos de alta tecnologia (como chips) desde a década de 90. O Brasil está ao menos uns 20 anos atrasado, e agora parece estar encarando a fabricação de um iPad em solo nacional como se fosse uma revolução tecnológica, o que é uma falácia"
Com muita pompa, o governou brasileiro anunciou no dia 23 de maio a desoneração de impostos sobre os computadores tipo tablet, que ficarão 36% mais baratos quando fabricados em solo nacional. O maior expoente dos tablets é o iPad da Apple, que detém mais de 90% do mercado mundial e da nova categoria criada por Steve Jobs em 2010. Abaixo, uma análise fria do que esse anúncio representa para o país. 

O bom

O governo merece crédito pela rapidez e agilidade em aprovar a redução de impostos nesse novo segmento. Os benefícios para o país são muitos:

- Os tablets poderão vir a substituir os livros, cadernos e materiais escolares em menos de dez anos. Tornará a educação menos chata, mais…

Com desoneração, preço de tablets produzidos no País pode cair 36%

Segundo o ministro Paulo Bernardo, cálculo não leva em conta a queda do ICMS, que pode baratear ainda mais o produto; novas regras devem constar de medida provisória que o governo promete editar ainda esta semana

O conjunto de incentivos que o governo prepara para desonerar a produção de tablets - a Medida Provisória que zera a alíquota de PIS/Cofins e a portaria interministerial que incluirá os tablets no Processo Produtivo Básico (PPB) - reduzirá em até 36% o preço desses produtos fabricados no Brasil.

"Se não tirar o PIS/Cofins, o impacto seria de 31%; se tirar PIS/Cofins também, vai ficar 36% de diferença", afirmou o ministro das Comunicações, Paulo Bernardo.

Segundo ele, os preços dos tablets podem cair ainda mais, pois nesse porcentual não está incluída a redução do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS), que ficará a cargo de cada Estado. Essas informações foram dadas por Bernardo depois de participar do seminário "Estímulos à PD&I no Setor de…

Isenções fiscais podem baratear tablets

Ao participar de uma das palestras na Campus Party, no Centro de Exposições Imigrantes, na zona sul da capital paulista. O ministro das Comunicações, Paulo Bernardo, pretende discutir com o ministro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, Fernando Pimentel, a revisão da atual política industrial para dar aos "tablets" (dispositivos portáteis de acesso à internet com telas touchscreen) os mesmos benefícios fiscais dados a computadores pessoais e notebooks.

Atualmente, notebooks e desktops têm isenção de 9,75% de IPI, PIS e Cofins. "Ficamos de nos reunir na semana que vem para ver como incluir a questão de comunicação e telecomunicações também nessa política", afirmou Bernardo após palestra na Campus Party, no Centro de Exposições Imigrantes, na zona sul da capital paulista.

Bernardo disse já ter sondado a indústria sobre a questão. Segundo ele, os empresários se mostraram animados com a ideia. "Eles disseram que, se o governo der o mesmo tratamento d…

USB 3.0 previsto para 2010

A Intel disponibilizou parte da especificação para o USB 3.0, algo que pode acelerar o lançamento da nova geração do padrão para transferência de dados.

A especificação Extensible Host Controller Interface (xHCI) rev. 0.9 está disponível livre de royalties para todos os membros do USB 3.0 Promoter Group, e a AMD, Dell, Microsoft e NEC estão entre os membros do grupo.

O USB 3.0 - também conhecido como SuperSpeed USB - deve permitir transferências com velocidade de até 4.8Gbps, um grande salto se comparado com a atual velocidade de 480Mbps suportada pelo USB 2.0.

A Intel informou que espera lançar a revisão 0.95 da especificação xHCI no quarto trimestre deste ano e a tecnologia deve estar largamente disponível em 2010.

Fonte: Baboo.

Fume sem fumar!

O Gamucci Micro parece com um cigarro, tem gosto de cigarro, solta fumaça como cigarro, mas não é cigarro. Ele não contém tabaco e a fumaça é somente vapor. Com uma tecnologia micro-eletrônica, o dispositivo é recarregável e reproduz a experiência real de fumar de forma mais econômica (você pode recarregar e fumar o mesmo cigarro outras vezes).O cigarro vem em duas partes: na mais comprida ficam o chip e a bateria recarregável e na menorzinha fica um cartucho com o sabor do cigarro. Os cartuchos que contêm nicotina (como os chicletes e adesivo de mesma substância) estão disponíveis em cinco níveis de concentração (ou seja, mais nicotina ou menos).Cada kit vem com 20 cigarros e custa US$ 49,95 nesta loja virtual. É necessário um dia para carregar a bateria de cada um deles.

Teclado para celular

É salgadíssimo, mas para quem pode pagar, está resolvido o problema de digitar longos textos no celular que além de trabalhoso é complicado. Para facilitar a I-O Data está lançando um pequeno teclado Bluetooth para celulares.

O teclado CPKB-BT lembra muito os teclados da Apple e tem conexão Bluetooth 2.0. O pequeno teclado mede 151,5x92,1×14mm, pesa apenas 170 gramas.

O CPKB-BT funciona com 2 pilhas AA por 2 a 3 meses com 1 hora de uso diário. Por enquanto o teclado CPKB-BT vai ser vendido apenas no Japão por US$153.

O colossal Google

Por quê uma empresa de tecnologia afetou 1 em cada 6 habitantes do planeta?

Reportagem de capa da Exame desta quinzena tenta elucidar a pergunta.

Por dentro da empresa que dominou o mundo
O silêncio impera nos corredores e escritórios dos 30 prédios que compõem a sede do Google, em Mountain View, uma das cidadezinhas que compõem o mítico Vale do Silício, na Califórnia. Apesar do cenário típico de parque de diversões para adolescentes -- pebolins, máquinas de fliperama e consoles do Wii estão espalhados por quase todos os andares --, os cerca de 9 000 funcionários que trabalham ali têm pouco tempo para se divertir durante o expediente. Vestidos quase sempre com jeans, camiseta e tênis, esses jovens vindos de diversas partes do mundo raramente conseguem desgrudar os olhos de seus computadores. Alguns estão tão atarefados que chegam a pendurar uma placa nada receptiva com a ordem "Keep out"(ou "Fique fora") na entrada de suas baias ou salas. Os googlers, como são conhec…

Vídeos em alta definição

Você quer experimentar o prazer de assistir vídeos em alta definição ­­­— produzidos — para exibição em TV digital em seu computador? Caso a sua resposta seja sim, é bom destacar que isso depende de vários fatores. Dois são cruciais: o seu bolso e o Estado o qual você reside.

Um boa máquina (computador) não é suficiente para os requisitos exigidos por esse luxo cibernético. É preciso ter banda larga de verdade com velocidades acima de 1 Mbps — para conseguir assistir aos vídeos com imagem refinada e em tempo real.

Alguns sites estão na vanguarda desse processo e no Brasil ainda patina o privilégio de assistir on line tais vídeos. Imagina a TV digital que em vários Estados só chegará, se chegar, daqui há um ou dois anos e quando chegar você ainda terá que comprar aquela TV linda, mas super cara.

Resolvi não esperar e migrei para a superbanda larga, conexão de 5 Gb, serviço caro, mas vale quanto pesa no bolso e já disponível em Brasília e outras quatro Capitais.

Confira os sites que estão &…

iPhone mais cedo no Brasil

O site Blue Bus diz, citando a Folha de S. Paulo (aqui para assinantes), que embora a Apple não pretenda lançar o aparelho na América Latina antes de 2009, o jornalão informa hoje no impresso que a Vivo e a TIM estão empenhadas para conseguir um acordo com a fabricante americana e interferir no calendário de lançamento do produto no Brasil.

Explico: A AT&T, maior telefônica do planeta, assinou contrato de exclusividade de dois anos com a Apple para operacionalizar os incríveis avanços oferecidos pelo aparelho que também é telefone. Vejam vídeo abaixo.

Vamos torcer para as negocicações avançarem.