Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens com o rótulo Crime Organizado

Exército – a punição do tenente será na mesma medida?

Ao romperem as regras e anunciarem corajosamente a sua homossexualidade - que não é doença e não é contagiosa -, os dois militares gays foram rápida e exemplarmente castigados por seu "crime".

Espera-se agora, por um crime infinitamente mais grave, que os militares envolvidos na morte de três rapazes, pobres, negros e favelados, sejam também responsabilizados e punidos.

Tortura ― Secretário diz que envolvidos em tortura já foram identificados

O Secretário de Segurança Pública do Rio, José Mariano Beltrame, afirmou em entrevista coletiva que todos os envolvidos no seqüestro e tortura da equipe do jornal "O Dia" já foram identificados.

Beltrame declarou que a prioridade da polícia no momento não é a de efetuar prisões, mas de reunir provas para garantir que os acusados sejam condenados. Uma repórter, um fotógrafo e um motorista faziam uma reportagem sobre a atuação de milicianos na Favela do Batan, na Zona Oeste do Rio, quando foram descobertos e torturados.

Deputados vão acompanhar investigações de jornalistas torturados no Rio

A Comissão de Segurança Pública e Combate ao Crime Organizado da Câmara dos Deputados vai ao Rio de Janeiro acompanhar as investigações sobre tortura praticada por integrantes de uma milícia contra jornalistas na Favela do Batan, na zona oeste da capital fluminense. Uma repórter, um fotógrafo e um motorista do jornal "O Dia" faziam uma reportagem sobre a atuação do grupo paramilitar que controla a região quando foram descobertos e torturados pelos milicianos.

O diretor de redação de O Dia, Alexandre Freeland, se manifestou, em nota divulgada pelo jornal, sobre a tortura e ameaças que sofreram três profissionais do diário há 14 dias. Nela, ele informa que a repórter, o fotógrafo e o motorista estão bem e a salvo, recebendo todo o apoio necessário da empresa.Leia o comunicado: "Uma repórter, um fotógrafo e um motorista do Jornal O DIA foram seqüestrados e torturados pela milícia da Favela do Batan, em Realengo, na Zona Oeste do Rio, na noite de 14 de maio. A equipe fazia u…

E ai Sérgio Cabral? Vai encarar?

Uma equipe do jornal carioca O Diafoi mantida sob cárcere privado e torturada por integrantes de uma milícia em uma favela em Realengo, na Zona Oeste do Rio. Os jornalistas estavam infiltrados na favela para investigar uma série de irregularidades, mas acabaram sendo descobertos e ficaram mais de sete horas sendo agredidos em um cativeiro. As vítimas foram libertadas sob a promessa de não contarem nada sobre a sessão de tortura. O caso ocorreu no dia 14 de maio, mas a reportagem só foi publicada agora para não atrapalhar as investigações. A cúpula da Segurança Pública do estado foi avisada. A direção do jornal O Dia informou que espera que os culpados sejam punidos.

Ouça o podcastde mais essa barbaridade contra a imprensa brasileira executada pelo comando do crime organizado no Rio de Janeiro. A ex, ex... Ex-Cidade Maravilhosa é o exemplo do mais bem acabado caso de fracasso do poder público. Né não Cabral?

Revelado a face oculta do maior "lavador" de dinheiro do mundo

Essencial a baita reportagem investigativa de Lucas Figueiredo desvendando um segrêdo de proporções globais

O elo perdido da corrupção mundial

Lucas Figueiredo - Enviado especial

LAVAGEM DE DINHEIRO

Advogado e mecenas instalado no paraíso fiscal de Liechtenstein, Hebert Batliner é apontado como grande mentor da ciranda empresarial na qual traficantes, ditadores e políticos desonestos esquentam fortunas

Suíça e Liechtenstein — O que alguns dos piores ditadores, mais temidos traficantes internacionais de drogas e maiores corruptos de todos os tempos têm em comum com o deputado Paulo Maluf (PP-SP) e com o presidente da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), Ricardo Teixeira? Resposta: em algum momento de suas vidas, todos eles fizeram suspeitas transações financeiras com um dos maiores lavadores de dinheiro do planeta. Seu nome: Herbert Batliner, advogado de Liechtenstein, paraíso fiscal da Europa. A especialidade de Batliner é ajudar seus clientes a movimentar dinheiro pelo mundo sem …