Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens com o rótulo DEM

Justiça cassa Prefeito de São Paulo

A Folha de S. Paulo informa que a Justiça Eleitoral condenou o prefeito de São Paulo, Gilberto Kassab (DEM), à perda do mandato pelo suposto recebimento de doações ilegais na campanha de 2008. A decisão deve ser publicada no "Diário Oficial" na próxima terça-feira.

Prefeito da maior capital da América Latina e correligionário de José Roberto Arruda -- governador afastado do Distrito Federal -- que encontra-se preso por comandar uma quadrilha que roubava os cofres públicos. O Democratas está atolado em lama até o pescoço e hoje é sinônimo de um partido sem princípios éticos.

Em nota, a defesa do prefeito diz que as contas "foram analisadas e aprovadas sem ressalvas pela Justiça Eleitoral" e que a tese da sentença já foi vencida no TSE. Os advogados vão recorrer.

Não tivéssemos uma justiça que valoriza as chicanes processuais, esse patife já estaria na cadeia também, seria afastado até provar sua inocência.

DEMsalão: Um escândalo com nome e sobrenome

Terça-feira, 1 de dezembro de 2009
DEM está divididoLILIAN TAHAN - DANIELA LIMA - ANA MARIA CAMPOS CAIXA DE PANDORA
Cúpula do partido adia para hoje a definição sobre Arruda porque existe um racha entre a expulsão imediata e a abertura de processo
Caciques do DEM chegam para reunião na Residência Oficial de Águas Claras com o governador Arruda: encontro durou duas horas
Maia, com o senador Heráclito Fortes: indefinição no partido
Rachado entre a ala que defende a imediata expulsão de José Roberto Arruda (DEM) do partido e um grupo reticente sobre a medida drástica, o Democratas optou formalmente por dar um tempo ao governador do Distrito Federal. Ele é apontado pela Polícia Federal como parte de um suposto esquema de corrupção envolvendo o Executivo, o Legislativo e um braço do Tribunal de Contas do DF (TCDF). Em reunião com a cúpula da legenda na tarde de ontem, Arruda cobrou apoio. Acuados com a ofensiva, os caciques do DEM resolveram adiar o desfecho sobre o futuro político d…

DEM corre risco de desaparecer sem aliança com PSDB

De olho arregalado em sua sobrevivência. No início da noite de ontem, 18 caciques do DEM, participaram de reunião do Conselho Político da legenda, realizada em um hotel na região dos Jardins, área central de São Paulo.

Foram mais de quatro horas debatendo a política de alianças que deve ser consolidada pelo partido. Para conseguir crescer em 2010, o DEM quer construir, em todo o país, um modelo de aliança com o PSDB que seja tão sólido e bem-sucedido como o já consagrado em estados como São Paulo. Essa é uma das principais estratégias e a maior prioridade do partido para entrar em campo nas disputas eleitorais do ano que vem.