Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens com o rótulo Disputa Comercial

Contundente, sublime, insuperável

São alguns adjetivos que vieram-me para designar a obra-prima que é o artigo publicado pelo jornalista Lúcio Flavio Pinto analisando a (ir)responsabilidade dos dois maiores jornais impresos do Pará.

A nobre causa que o jornalista defende é o respeito ao ser humano e sua dignidade violentamente vilipendiada com a publicação diária de fotos de cadáveres, membros caucinados, closes dantescos e sangue...muito sangue.

No mais espetacular trecho do extraordinário artigo Lucio sapeca: (...) os dois grupos de comunicação aproveitam qualquer possibilidade comercial, indiferentes aos compromissos e responsabilidades para com a opinião pública. Exploram os mais baixos instintos humanos e, ao mesmo tempo, contribuem para que eles se intensifiquem. Dizem-se conseqüência de um mal que estimulam. Tornam-se um elo do ciclo vicioso, que de fato existe, mas não é inevitável.

A íntegra do artigo você pode ler aqui.

O mercado de carne ameaçado por campanhas difamatórias

O jogo pelo domínio do mercado internacional de potreína animal, em especial o mercado de carne vermelha há muito trornou-se uma guerra suja da concorrência e um alerta aos produtores nacionais ao futuro do setor.

Há quase uma década o Brasil se posiciona como maior produtor e exportador mundial de carne e essa vanguarda está sendo "cobrada" com ações que tentam desestabilizar o setor.










❑ Tratores fazem “limpeza” de área de mata derrubada em Alta Floresta, MT, para plantio de pastagem.


A culpa é do boi?
Acusada pela destruição da Amazônia, a pecuária pode enfrentar novas barreiras se não se posicionar corretamente.

O desmatamento da Amazônia – que infelizmente voltou às manchetes dos veículos de comunicação nos últimos meses – pode se transformar na próxima barreira não-tarifária contra a carne brasileira. Mesmo não consumindo um único bife proveniente da Amazônia, os irlandeses utilizaram o desmatamento como munição contra o produto nacional, na campanha “Ban Brazilian Beef” que …