Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens com o rótulo Jornalismo

Manchetes dos principais jornais desta terça-feira,14/12

Jornais nacionaisFolha de S.Paulo
Bingo estimula a ação do crime, diz texto do governoAgora S.Paulo
Quem ganha até R$ 1.874 terá IR de volta na declaração de 2011O Estado de S.Paulo
Crack já se alastra por quase 4 mil cidadesJornal do Brasil
Criminoso poderá ficar 50 anos presoO Globo
Empresas já voltam para áreas liberadas do tráficoValor Econômico
Alimentos afastam de novo a inflação do alvo de 4,5%Correio Braziliense
Bandarra é afastado por unanimidadeEstado de Minas
O que vai mudar no Imposto de RendaDiário do Nordeste
Presas por roubo de carroZero Hora
10,8 mil motoristas gaúchos precisam entregar carteira*Jornais internacionaisThe New York Times (EUA)
Juiz anula elemento chave da reforma de saúde de ObamaThe Guardian (Reino Unido)
Caminho para combater islâmicos fez "pequeno progresso"Le Monde (França)
Governo dividido pela condenação de policiais em BobignyEl País (Espanha)
Espanha apoiou uma solução pró-Marrocos para o Saara OcidentalClarín (Argentina)
Interrompido o diálogo políti…

Manchetes dos principais jornais

Jornais nacionaisFolha de S.Paulo
Exército terá poder de polícia em favela do RJAgora S.Paulo
Veja o valor da aposentadoria conforme sua idade e seu salárioO Estado de S.Paulo
Lula propõe pré-sal com novo rateio de royaltiesJornal do Brasil
Tomada do Alemão já anima o comércioO Globo
Exército quer ficar menos no Alemão por temer corrupçãoValor Econômico
Tesouro cortará os subsídios de juros ao BNDESCorreio Braziliense
Caos na saúde leva Agnelo a pedir ajudaEstado de Minas
O Haiti é aquiDiário do Nordeste
Operação prende delegado e três policiais em JuazeiroZero Hora
Descoberta nova forma de vida*Jornais internacionaisThe New York Times (EUA)
Obama busca ajuda para desempregados em qualquer acordo para redução de impostosThe Guardian (Reino Unido)
Tropas britânicas falharam em Helmand, dizem líderes afegãos aos EUALe Figaro (França)
Zona do Euro: Trichet tranquiliza os mercadosChina Daily (China)
Japão e EUA iniciam a maior operação militar conjuntaEl País (Espanha)
Aznar: "Se eu ver a Espanha d…

Hoje é Dia do Jornalista

Uma profissão cada vez mais dificil.

Jornalista revela o motivo da renúncia de Jânio Quadros e critica burocratas da imprensa

Presidente Jânio Quadros renuncia à presidência da República, deixando população surpresa

VOCÊ CONHECE UMA DOENÇA CHAMADA “SÍNDROME DA FRIGIDEZ EDITORIAL”? EIS UM EXEMPLO ESCANDALOSO: JÂNIO QUADROS FINALMENTE REVELOU O MOTIVO DA RENÚNCIA. MAS A IMPRENSA NÃO PUBLICOU NADA,NADA,NADAPor Geneton Moraes Neto, jornalistaSe fosse feito um ranking dos gestos mais surpreendentes já cometidos por um presidente da República no Palácio do Planalto, a renúncia de Jânio Quadros seria forte candidata a ocupar o primeiro posto. Sob todo e qualquer critério, a renúncia é, até hoje, tema de interesse histórico e jornalístico. Mas…nossa querida imprensa é capaz de barbeiragens monumentais. (Quando digo que o maior inimigo do Jornalismo é o jornalista, não estou cometendo frase de efeito. Estou constatando uma verdade límpida, cristalina, indiscutível – e facilmente demonstrável. Não nasci ontem. Ao longo de anos, anos & anos, fui testemunha ocular e auditiva de uma coleção de absurdos indefensáveis…

Correspondente americano tucano?

O neoliberal anti-Lula da “Newsweek”Mac Margolis, correspondente de Newsweek no Brasil há mais de 25 anos, é tido como competente mas seu trabalho talvez seja afetado por ligações próximas com a oposição do PSDB. Mesmo com o mérito de nunca ter descido ao nível de um Larry Rohter, deixou-se conquistar pela rendição do governo FHC ao neoliberalismo econômico, ainda hoje a referência maior do jornalismo dele.Como profissional experiente da mídia corporativa, Margolis frequenta nossa elite branca e teve acesso privilegiado ao governo anterior e seus ministros. Um destes, Roberto Muylaert, à época em que deixou a secretaria de comunicação da presidência passou a tê-lo como colaborador fixo em publicação largamente contemplada pela publicidade oficial. Além dessas relações, identificava-se com a política de privatizações e seu patrocinador FHC.Agora, no entanto, um ativo crítico de mídia dos EUA – Peter Hart, da revista Extra!, publicada pela organização FAIR (Fairness & Accuracy in Me…

CCJ aprova proposta que exige diploma para jornalistas

A Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania (CCJ) aprovou há pouco a PEC 386/09, do deputado Paulo Pimenta (PT-RS), que restabelece a exigência de diploma para o exercício da profissão de jornalista. A CCJ aprovou a PEC quanto à admissibilidade, segundo o parecer favorável do relator, deputado Maurício Rands (PT-PE).

A PEC seguirá agora para uma comissão especial, que será criada para analisá-la. Posteriormente, a proposta precisará ser votada em dois turnos pelo Plenário.

Mesmo aprovada a PEC o STF já julgou que a exigência do diploma é inconstitucional.

Essa é uma jogada da Federação e dos Sindicatos de Jornalista para mostrar serviço.

Encontro Nacional de Jornalistas em Assessoria de Comunicação será realizado de 1 a 4 de outubro em Goiânia

Os jornalistas do Distrito Federal elegerão, dia 16/9, às 12h30, no Clube da Imprensa de Brasília, os delegados para o 17º Encontro Nacional de Jornalistas em Assessoria de  Comunicação (Enjac).O 17º Enjac avaliará as questões próprias da atuação do jornalista profissional em assessoria de imprensa e sua relação com assessorados e redações, além da formação do profissional em assessoria de imprensa, ética profissional erelações trabalhistas.Com o tema "Assessoria de Imprensa: O Jornalismo passa por aqui", o encontro deste ano realizado pela Federação Nacional dos Jornalistas  Fenaj) e pelo Sindicato dos Jornalistas Profissionais no Estado de Goiás reunirá representantes da Fenaj, dos 31 Sindicatos dos  Jornalistas do Brasil e jornalistas e estudantes de jornalismo de  várias partes do país. A expectativa é de que mais de 400 pessoas  participem do evento em Goiânia.O 17º Enjac será realizado no Castro's Park Hotel, que está localizado próximo à Praça Cívica, a 15 minutos…

Larry Rother não mora mais no Brasil

O gringo colocou o dedo na ferida

Larry Rother, ex-correspondente do “New York Times”, foi embora, mas ainda é um dos mais argutos observadores das mazelas brasileiras

Bruno Veiga













Larry Rother, jornalista: "Não sinto falta da bagunça e das carteiradas"

O jor­na­lis­ta Larry Ro­ther vol­tou a vi­ver nos Es­ta­dos Uni­dos no ano pas­sa­do, de­pois de tem­po­ra­das no Bra­sil que so­mam qua­se du­as dé­ca­das. Co­mo cor­res­pon­den­te do “New York Ti­mes” se­di­a­do no Rio de Ja­nei­ro (des­de o fi­nal dos anos 70) e ca­sa­do com uma bra­si­lei­ra, Ro­ther vi­veu mo­men­tos im­por­tan­tes da his­tó­ria do pa­ís (co­mo a di­ta­du­ra mi­li­tar e a re­de­mo­cra­ti­za­ção), man­ten­do um ar­gu­to sen­so de ob­ser­va­ção dos even­tos e dos cos­tu­mes bra­zu­cas. A re­vis­ta “Po­der — Joyce Pas­cowitch” (re­vis­ta­po­der.uol.com.br) des­te mês traz uma en­tre­vis­ta in­te­res­san­te com o re­pór­ter grin­go. So­bre Ro­ther, a mí­dia lo­cal gos­ta de abrir man­che­tes com o ca­so de sua…

Obrigatoriedade do diploma para o exercício do jornalismo: uma visão

Enviado pelo amigo e acadêmico em jornalismo Jota Ninos. O blog publica a interessante visão do colega.Ainda estou meio confuso com a traulitada do STF na obrigatoriedade do diploma de jornalismo. Sempre fui contra essa postura não porque esteja terminando, finalmente, um curso de jornalismo, depois de 25 anos de atividades na área. Meu argumento sempre foi de cunho sindical, acreditando que sem o diploma a organização dos jornalistas se enfraqueceria. Até ajudei a divulgar as campanhas da Fenaj contra essa proposta. Aproveitando as férias, acompanhei durante o dia os debates na internet e não cheguei à uma conclusão. Os argumentos de ambas as partes tem grande fundamentação. Mas ofereço um interessante link enviado pela jornalista santarena Alessandra Carvalho, que é professora no Rio de Janeiro e ministrou uma disciplina para a minha turma no início do ano. O autor faz uma análise interessante e dá uma nova luz ao tema. Não sei se todos concordarão com ela, mas achei pertinentes alg…

STF deve julgar obrigatoriedade do diploma dia 10

O Supremo Tribunal Federal incluiu na pauta da sessão de quarta-feira, dia 10 de junho, o julgamento do Recurso Extraordinário RE 511961, que questiona a obrigatoriedade da formação universitária em Jornalismo para o exercício da profissão. O julgamento da exigência do diploma está marcado como primeiro ponto da sessão. Porém, pode ser mais uma vez postergado se o ministro Marco Aurélio solicitar a inclusão do caso do menino cuja guarda está sendo reivindicada pelo pai norteamericano. Se isto ocorrer, esta questão terá prioridade.Leia mais>>

Protógenes Queiroz: um herói nacional

Peço licença aos leitores do blog para uma necessária introdução, absolutamentamente condenável, se estivesse trabalhando para um jornal qualquer de circulação nacional. Ou revista. Seja ela qual fosse.

-- Não, se trata de competição. Apenas uma questão de abordagem para chegar onde quero.

Chegar onde quero é muito fácil saber.

Aparentemente é tarefa fácil para quem lê, ouve e vê, as notícias do dia-a dia.

Chegar onde quero é chamar a atenção para os velhos/novos Messias que se apresentam de tempo em tempos.

Porque jornais, ditos respeitáveis; assim como, revistas de circulação nacional; que operam em outro patamar de informação. Adoram versões.

Em razão da garantia de minha opinião como cidadão, ressalto que este espaço, é de minha inteira responsabilidade e, portanto, por ele, respondo, como guarida de difusão de informação a qual tenho acesso. Resguardando os laços contratuais que mantenho com meu empregador, sob a condição de contrato ou, o que ocorrer.

Falo como cidadão aqui.

Como estou …

O professor nos corredores

Foto: Val-André

































O jornalista, publicitário e marketeiro Hiroshi Bogea -- meu professor --, percorre, desde ontem, os vários corredores do poder, cobrindo, dentre outras pautas, o encontro nacional dos prefeitos. O maior de todos os tempos já realizado em Brasília.

Bogea conta tudo em seu blog e em sua coluna no Diário do Pará.

Um craque no Roda Viva

Ruy Castro Escritor e jornalista
reprise
Nesta segunda-feira, dia 9 de fevereiro - centenário de nascimento de Carmen Miranda, o Roda Viva reprisa a entrevista com Ruy Castro, exibida há três anos, na época em que o escritor lançava a biografia preparada por ele sobre a cantora.

Car men Miranda nasceu em Portugal, mas veio ao Brasil ainda pequena e conquistou fama mundial na primeira metade do século XX.

A obra é o terceiro livro do gênero desde que Ruy Castro dedicou-se à carreira de escritor. Ele já havia publicado antes "Estrela Solitária", a biografia de Mané Garrincha", e "Anjo Pornográfico", sobre o dramaturgo, escritor e jornalista Nelson Rodrigues.

A literatura chegou para Ruy Castro depois de toda uma vida profissional na grande imprensa, que começou nos anos 60, no Rio de Janeiro, passando pelas redações dos mais importantes veículos de comunicação do país.

Nessa entrevista, gravada no dia 20/02/06, Ruy Castro conta os bastidores da vida de Carmen Miranda …

Greenhalg não respeita direitos constitucionais

Rasgar a Constituição para ter o direito de defender o direito de seus clientes é inaceitável.

Pois é exatamente isso que o advogado e ex-deputado federal Luis Eduardo Greenhalg -- enrolado no caso Daniel Dantas -- quer fazer.

ABI vê arbítrio em ação de Greenhalgh contra pedido de Greenhalg

Sindicato dos Jornalistas do DF diz que busca e apreensão de documentos do Araguaia em casa de repórter é inaceitável

Por Moacir Assunção e Roberto Almeida, de O Estado de São Paulo

As entidades ligadas aos jornalistas e à defesa da liberdade de expressão reagiram com um misto de indignação e incredulidade à notícia de que o advogado e ex-deputado Luiz Eduardo Greenhalgh (PT-SP) pediu busca e apreensão na casa do repórter da Sucursal de Brasília do Estado Leonencio Nossa, para recolher documentos sobre a Guerrilha do Araguaia.

Todas concordaram em um aspecto: o pedido do advogado é inaceitável e combate frontalmente o princípio do sigilo da fonte, garantido pela Constituição, assim como a liberdade de im…

Para não ser esquecido

O blog recomenda a leitura da edição nº42 (3º trimestre) da revista Insight Inteligência. Com destaque para o ensaio-reportagem "Voto barra-limpa – Você sabe o que esperar de mim".

Eis o recado editorial desta edição.

Presidente do STF pede apuração de fatos "incorretos" divulgados na mídia

Suposto jantar... clipped from www.migalhas.com.br O presidente do STF, ministro Gilmar Mendes, encaminhou representação ao procurador-geral da República, Antonio Fernando Souza, para que seja apurada informação divulgada na mídia de suposto jantar ocorrido entre assessores da Presidência da Corte e advogados do empresário Daniel Dantas – jantar que, segundo o ministro, nunca ocorreu. Em depoimento prestado à PF no inquérito sobre escutas telefônicas ilegais, o ministro informou que "tanto no caso da Operação Navalha, quanto na Operação Satiagraha, revela-se o mesmo modus operandi. Por um lado, realizam-se escutas e monitoramento do relator dos habeas corpus, por outro, divulgam-se para a imprensa falsas notícias e informações, com o propósito de colocar o juiz em situação de descrédito e intimidação." Segundo o STF, em razão da gravidade da situação, os assessores da Presidência do Supremo também encaminharam requerimento ao procurador-geral em que solicitam a realização de a…

Quem pode tem mais de um

A jornalista Cris Moreno, de Belém do Pará lança mais um blog para encaixar um linha editorial diferente de seus outros dois blog´s: o morenocris e ocrisblogando, ambos linkados ai ao lado na coluna da direita.

O terceiro este blogger recomenda imediato link aqui <>uma paixão amazônica<>.

Note também a coerência de templates clear, que eu gostei muito, e sempre mudando de côr.

Ilan Goldfajn no Roda Viva

A atual crise da economia mundial começou há algum tempo. Os receios de recessão nos Estados Unidos aumentaram depois dos ataques terroristas em 11 de setembro de 2001 e os americanos passaram a gastar menos. Temendo uma crise econômica, o governo incentivou o consumo da população, com juros reduzidos e crédito fácil. Muitos americanos refinanciaram a casa própria enquanto outros foram estimulados a trocar de imóvel ou comprar a primeira casa.

As hipotecas e os empréstimos foram negociados no mercado financeiro através de agências imobiliárias e bancos de investimentos. E chegaram às bolsas de valores atraindo também investidores estrangeiros.

Entre 2003 e 2006, com a elevação das taxas de juros nos Estados Unidos, muita gente não conseguiu mais pagar a prestação da casa própria. Com o aumento da inadimplência, o mercado inverteu. As hipotecas perderam valor, levando bancos e investidores ao uma sucessão de prejuízos.

A economia globalizada fez com que a cri se das hipotecas americanas …