Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens com o rótulo Inclusão Digital

População de Marabá ganha mais cinco infocentros

Da Redação
Agência Pará"Estou ansioso para começar as aulas no infocentro, porque hoje em dia a informática é essencial para a inserção no mercado de trabalho. Que bom que o NavegaPará chegou até nossa comunidade". A declaração do estudante Francielton Silva, 16 anos, traduz a importância social dos infocentros, que garantem o acesso gratuito à internet, graças à implementação do programa de inclusão digital NavegaPará, pelo governo do Estado.Francielton é morador do bairro Novo Planalto, onde está localizado o infocentro do Centro Santo Antônio (ligado à Paróquia Sagrada Família), um dos cinco espaços públicos de acesso à internet inaugurados na tarde desta sexta-feira (7), no município de Marabá, sudeste paraense, pela governadora Ana Júlia Carepa.No infocentro, a governadora conversou, em uma videoconferência, com membros do conselho gestor dos outros três espaços, localizados na Associação dos Moradores da Nova Marabá (AMNM), na Secretaria de Assistência Social da Prefeit…

Marabá: uma Cidade Digital

No último domingo (5), a governadora Ana Julia Carepa inaugurou a Cidade Digital em Marabá, região Carajás. O projeto faz parte do Navegapará, o maior programa de inclusão digital do país. A partir daquele momento, com um computador móvel ou celular que tenha acesso a internet sem fio, os moradores passam a poder utilizar a rede sem custo algum. A inauguração ocorreu durante o encerramento das comemorações dos 96 anos do município, na praça Duque de Caxias, Marabá Pioneira.

Secom/Governo do Pará.

Censura explícita

Especialistas divergem sobre bloqueio de sites em telecentros, proibindo usuário de acessar redes de relacionamentos e bate-papos.

Isso cheira a censura. clipped from www.antonioviana.com.br O livre acesso a sites nos telecentros é um tema polêmico, sobretudo entre pessoas que atuam na área de tecnologia e educação. Em um debate realizado na quinta-feira (6) em Belém, no Estado do Pará, um especialista alegou que é preciso estar aberto às inovações, enquanto outro explicou que os telecentros não são LAN houses. Para o diretor do Ipsos (Instituto de Pesquisas e Projetos Sociais e Tecnológicos), Carlos Seabra, embora o acesso em cybercafés e LAN house seja mais livre, nesses locais o conhecimento não é repassado. "O fato de dar um lápis e um papel para um analfabeto não significa que ele vá aprender a ler e a escrever. E é esse papel que os telecentros têm", disse.

Mais aqui.

Site pornô só para cegos

O chamado Porn for the Blind, site dirigido a cegos que oferece descrições em áudio de páginas pornôs na Internet está virando um fenômeno cult nos Estados Unidos. O site oferece clipes sonoros que trazem descrições, gravadas por voluntários, de cenas de sexo disponíveis na Internet. Somente neste mês de abril o site já recebeu mais de 150 mil visitas.
Antes de cada gravação, o locutor informa o endereço do site que está descrevendo para que os cegos possam acessar a página e então inicia a descrição das cenas de forma clara e direta com detalhes do cenário, cores, personagens e ambiente para que o usuário possa "imaginar" o que está se passando no vídeo. Leia mais...

Não tem audiência porque não tem internauta

Vejam esse número: apenas 6,15% dos domicílios da região Norte tem acesso à Internet. É a constatação que todos desconfiavam, mas não se tinha a certeza do monumental tamanho da exclusão digital no Norte e em especial, na Amazônia, dirá o Pará com sua área territorial em vários grotões, totalmente isolada do resto do mundo e do alcance da tecnologia?.

Enquanto o Sul do país tem 16,9% e o Sudeste 18,74%, a região Norte possui apenas 6,15% de domicílios com acesso à Internet. A informação é do secretário executivo da Secretaria de Planejamento e Desenvolvimento Econômico do Estado do Amazonas, José Marcelo de Lima Filho, relevado esta semana em audiência pública sobre o “Programa Amazonas Digital e Sua Extensão à toda Região Amazônica”. O evento foi realizado pela Comissão da Amazônia, Integração Nacional e de Desenvolvimento Regional (CAINDR).

Enquanto José Marcelo Filho pediu apoio dos parlamentares para uma ampla sensibilização do poder executivo para a mudança do quadro de exclusão di…
27,5 milhões de brasileiros têm acesso residencial à web | Ibope fala em 'vigor'
O número de brasileiros com acesso residencial à web chegou a 27,5 milhões em maio, segundo dados do Ibope NetRatings - "O vigor da internet brasileira é resultante de uma junção de fatores" - diz Alexandre Magalhães, coordenador de análise do Ibope Inteligência. Cita - "Politícas de inclusão digital, financiamentos para compra de equipamentos e barateamento do preço final dos PCs, transferência de muitas atividades para a internet, como a busca de emprego, imóveis, pesquisas escolares, compras e pagamento de contas". O total de pessoas com acesso em qualquer ambiente (casa, trabalho, escolas, universidades e outros locais) chega a 33,1 milhões, resultado referente ao 1o trimestre do ano. 06/07Elisa Araujo

Ainda de acordo com a pesquisadora, o número de internautas residenciais ativos em maio ficou em 17,9 milhoes de pessoas, 13,1% a mais que em abril. O Brasil continua a ser o …