Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens com o rótulo Ocupação da UNB

Sem alternativa reitor da UNB se afasta por 60 dias

Acossado pela ocupação de estudantes na sede da Reitoria da Universidade de Brasília (UnB) há uma semana, o reitor Thimoty Mulholland pediu licença do cargo por 60 dias. Em nota lida para a assembléia da Associação dos Docentes da UnB, ele afirma que tomo a inicitaiva “com o objetivo de assegurar os princípios constitucionais da eficiência, publicidade, moralidade, impessoalidade, legalidade e transparência nas apuração dos fatos”.

Durante o período de afastamento, asssumirá o vice-reitor Edgar Mamya.

Fonte: Ag. Brasil

Quebra-quebra na UNB

Depois de enfrentar seguranças, cerca de mil pessoas ocuparam os três andares da reitoria

Assembléia
Depois de três horas de discussões, os estudantes aprovaram, por maioria, a continuidade do movimento

Moralidade
Os manifestantes exigem a saída do reitor, que é investigado pelo MPDF

Confronto
Universitários e seguranças se enfrentam nas rampas do prédio

Pontapés
Um dos alunos é derrubado e cercado pelos vigias, que o agridem com chutes

Domínio
Depois de muito empurra-empurra, os jovens tomaram conta de todo o prédio

Socos, pontapés, empurrões marcaram mais uma reviravolta na ocupação da Reitoria da Universidade de Brasília (UnB) na tarde de ontem. Após decidirem em assembléia desobedecer à determinação da Polícia Federal para que deixassem o local às 15h, os manifestantes acampados no local desde quinta-feira passada receberam o apoio de mais de mil estudantes, que forçaram a liberação da rampa de acesso ao prédio. Lá estavam 60 seguranças da UnB, que tentaram deter o avanço dos jovens. Na conf…

PF espera até hoje a desocupação da UNB

A Polícia Federal deu o prazo até as 15h de hoje para os estudantes que invadiram a reitoria da UnB (Universidade de Brasília) apresentarem uma proposta de negociação para deixar o local.
Eles afirmam que só aceitam deixar a reitoria se o reitor Timothy Mulholland renunciar. Ele esteve envolvido em denúncias de compra de móveis de luxo para seu apartamento funcional.
Representantes dos estudantes se reuniram na manhã de ontem com a superintendente da Polícia Federal no Distrito Federal, Walquíria Teixeira, e assinaram um termo em que se comprometiam a convocar uma assembléia para as 12h de hoje e a informar o resultado até as 15h. Cerca de 50 pessoas estavam no gabinete do reitor, segundo o chefe da segurança da UnB.

Fonte: Correio Braziliense

Blog relata passa-a-passo a ocupação da UNB

Inspirados pela ocupação da USP, no ano passado, os alunos da UnB transformaram a Internet num espaço oficial para divulgar moções de apoio, programação do dia e os boletins do movimento. Criaram um blog (ocupacaounb.blogspot.com) e estão ao vivo na “rádio ocupação”, também na internet. Com um lap top e rede de conexão sem fio, os estudantes criaram até uma sala de bate papo para discutir os rumos da ocupação. “É simples. Não exige tanta tecnologia como se pensa, basta um computador ligado à rede”, explica Raoni Jopiassu, autor intelectual e gerente do blog.

Raoni também participa da rádio, que toca música e promove diálogos entre quem está no terceiro e no primeiro andar da reitora. “A rádio serve para dar informes, falar besteira para relaxar e também para comunicar. Assim como o blog, é nosso espaço oficial, onde será publicada a nossa visão”, explica Danilo Silvestre, aluno de ciência política, e coordenador de comunicação do DCE.

Fonte: Correio Braziliense

Senador paraense apóia ocupação da UNB

A direção do PSol esteve com os alunos na última sexta-feira apoiando o movimento de protesto dos estudantes da UNB. A ocupação ganhou até mesmo um pronunciamento de apoio e solidariedade do senador José Nery (PSol-PA) no plenário do Senado. Ontem, foram militantes do PSTU que passaram na reitoria para dar apoio ao movimento. Com um adesivo do partido no lado direito do peito, o professor Washington Dias Leite garantiu que o “PSTU apóia 100% os manifestantes, em tudo que for preciso”.

PSol e PSTU partidarizaram ocupação da UNB

"Eles que amam tanto a revolução partidarizaram a ocupação", título da reportagem de Fernanda Odilla para o Correio Braziliense revelando a insistência em dizer que o movimento contra o reitor Timothy Mulholland não é partidário. Mas muitos dos estudantes que na tarde de ontem comemoraram 72 horas de ocupação da reitoria da UnB fazem questão de estampar no peito adesivos, broches e até camisetas de partidos e de entidades de mobilização social ligadas a legendas políticas. O próprio Diretório Central de Estudantes (DCE) é comandado por 54 alunos, mais de uma dezena deles filiados ao PSol ou ao PSTU.