Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens com o rótulo Comunicação Social

Governo pode proibir parlamentar de ser dono de rádio e TV

Parece incrível e essas coisas só acontecem no Brasil. Só agora caiu a ficha dos nobres parlamentares que essa prática é imoral e desequilibra a igualdade de condições na política nacional.
Anteprojeto de lei para regulamentar a convergência na área de comunicação vai tornar explícita a proibição de deputados e senadores serem proprietários de emissoras de rádio e TV. Texto deve ser concluído até o final do ano. Arquivo - Luiz Alves Bornhausen: Constituição já proíbe parlamentares de serem donos de emissoras. O anteprojeto de lei que o Executivo prepara para regulamentar as comunicações vai proibir explicitamente a propriedade de emissoras de rádio e televisão por parlamentares. O anúncio, que foi feito pelo ministro da Secretaria de Comunicação Social da Presidência da República, Franklin Martins, no "Seminário Internacional Comunicações Eletrônicas e Convergências de Mídias", promovido pelo governo nesta semana, já provoca divergências na Câmara sobre a necessidade de a lei…

Deputada Luiza Erundina tem requerimento aprovado em Comissão para discutir propostas aprovadas na 1ª Confecom

A deputada Luiza Erundina (PSB-SP) apresentou requerimento de audiência pública que já foi aprovado na Comissão de Ciência e Tecnologia, Comunicação e Informática (CCTIC), com o objetivo de avaliar os vários segmentos participantes da 1ª Confecom (Conferência Nacional de Comunicação), realizada em dezembro do ano passado, seus desdobramentos, que aprovou 672 resoluções resultantes de debates sobre o direito à comunicação, está confirmado para esta quinta-feira (10).

Segundo a deputada, muitas dessas resoluções demandarão iniciativas do Poder Executivo ou do Legislativo para que se efetivem, e precisam ser debatidas pela CCTCI.

É interessante acompanhar a audiência. Setores da Mídia reagiram com truculência sobre as propostas que resultaram no documento final do encontro.

A Rede Globo de Televisão, por exemplo, veiculou editorial no JN na noite em que o encontro dos comunicadores subscrevem o resumo das resoluções.

Alegaram, no editorial, que a Confecon aponta para mecanismos de controle …

Municípios poderão legislar sobre radiodifusão comunitária

Foto: Ag. CâmaraPara Manoel Junior, não faz sentido a União decidir sobre um assunto local.Tramita na Câmara a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 360/09, do deputado Manoel Junior (PSB-PB), que estabelece a competência dos municípios para legislar sobre radiodifusão comunitária. Hoje, somente a União pode legislar sobre o assunto.

O deputado observa que, se por um lado a radiodifusão comunitária é descentralizada e espalhada pelo País, por outro sua regulamentação e o processo de outorga são centralizados no Poder Executivo federal.

Para Manoel Junior, não faz sentido a União decidir sobre um assunto local. Ele observa que o alcance restrito das rádios comunitárias, as particularidades locais e o papel de relevante interesse público que desempenham em cada comunidade fazem com que essa política seja de natureza essencialmente municipal, "assim como é tarefa do município decidir se vai construir uma escola ou um posto de saúde".

Burocracia
Na opinião do parlament…

O “cara” vai encarar a blogosfera

Planalto cria blog para Lula, ainda sem data de lançamento da Folha de S.Paulo, em Brasília O presidente Luiz Inácio Lula da Silva vai entrar para o mundo digital. Sua assessoria está criando um blog para disponibilizar informações com linguagem mais descontraída e informal. A data de lançamento do blog depende ainda, segundo a Folha apurou, de o governo achar o tom ideal dessa linguagem e se familiarizar com a mídia. Ricardo Stuckert/Reuters/PRLula deve se inspirar no blog de Obama para criar o seu; Twitter está nos planosO pedido partiu de Lula em dezembro, quando entrou no ar o blog do governo de transição americano e, depois, o blog da Casa Branca. Segundo interlocutores do governo, os blogs de Barack Obama e do primeiro-ministro inglês, Gordon Brown, servem de modelo. O governo quer atingir o público que utiliza a internet como principal meio de informação. Antes de lançar o blog, os responsáveis estão fazendo pilotos, montando layouts, experimentando linguagens. O segundo passo …

A internet como palanque eletrônico ― sem mandato e falando pelos "cotovelos"

Outro fenômeno na utilização da internet e sua mais bem sucedida ferramenta de comunicação: a blogosfera, é amiga íntima de outro político carioca e cuja polêmica o lançou como personalidade nacional ao "chutar o balde" denunciando suas "bandalheiras petebistas" que custou-lhe o próprio mandato, ao levar para o da disputa pelo poder, partidários políticos envolvidos no chamado "Mensalão". Trata-se do ex-deputado federal e presidente do PTB, Roberto Jefferson. Observado pelo seu vizinho quando ainda morava em seu apartamento funcional na Asa Norte em Brasília (DF).

Após o dedo inchado do pé que chutou o balde e o rosto mezo encoberto por esparadrapo em audiência pública decisiva; Jefferson perdeu o seu mandato, mas, levou junto outro utilizador compulsivo da blogosfera: seu prinicipal adversário então, que até hoje jura pela fé da mucura que é inocente. Falo do ex-chefe da Casa Civil do presidente Luis Inácio Lula da Silva: José Dirceu.

Todo esse processo q…

A internet como palanque eletrônico

Redução de custo, exposição em tempo real e gratuíta. São muitos os benefícios aos políticos que querem e sabem usar a internet como plataforma alternativa de divulgação de seu trabalho.

O fenômeno mais recente de acerto na utilização dessa ferramenta é atribuído ao candidato vitorioso das últimas eleições estadudinense: Barack Obama.

O ex-prefeito do Rio de Janeiro, Cesar Maia (DEM-RJ), é o político mais conhecido como utilizador da ferramenta, que pecou na concepção ao rebatizar seu blog como, ex-blog do Cesar Maia.

Segundo fontes ligadas a Maia, seus concidadãos achavavam que o Prefeito em vez de governar, achava mais importante palpitar em coisas que não suas obrigações a frente da complexa e rica prefeitura carioca. Resultado: o blog virou ex-Blog do Cesar Maia, ocasionando um deblaquê com a exigência do cadastro para receber suas postagens. Foi um erro sem tamanho de avaliação.

Ou o blog sofre descontinuação anunciada ou "desce do muro" e continua a atualização.

Para não fi…

Teoria, reflexão e ação

Participe do 1º Encontro Preparatório para a Conferência Nacional de Comunicação

Por Paulo Miranda

O primeiro Encontro Preparatório para a Conferência Nacional de Comunicação será realizado no dia 2 de dezembro, no Auditório Nereu Ramos da Câmara Federal. A responsabilidade do evento é das Comissões de Comunicação, Direitos Humanos e Legislativa de Participativa da Câmara dos Deputados, juntamente com uma série de instituições nacionais, entre as quais o Sindicato dos Jornalistas do DF, ABCCOM - Associação Brasileira de Canais Comunitários, Federação Nacional dos Jornalistas, Fittert - Federação Interestadual dos Trabalhadores em Empresas de Rádio e Televisão, Intervozes, ABRAÇO - Associação Brasileira de Rádios Comunitárias, Confederação Nacional dos Bispos do Brasil, Conselho Federal de Psicologia e ENECOS - Executiva Nacional dos Estudantes de Comunicação. O evento terá as seguintes mesas de debates:

10h - Mesa 1:

Esta tem como tema principal "a importância da Convocação da 1ª Con…

Promotor José Carlos Blat fala sobre ética e transparência no Serviço Público em Congresso da Mega Brasil

clipped from www.maxpressnet.com.br
O Promotor de Justiça, José Carlos Blat, integra a mesa redonda, analisando a questão da “Ética e transparência no Serviço Público”, no 8º Congresso Brasileiro de Comunicação no Serviço Público, realizado pela Mega Brasil. Sua participação acontece no dia 29 de agosto de agosto, às 15 horas, no Centro de Convenções Rebouças, em São Paulo. Blat, ex-integrante do GRAERCO – Grupo de Atuação Especial de Repressão ao Crime Organizado de São Paulo, é co-autor do livro “O caso da Favela Naval – Polícia contra o Povo”, em que faz referência à atuação da Justiça, da Imprensa e da Polícia em um episódio de violência na cidade de Diadema. No Congresso de Comunicação no Serviço Público, o promotor vai debater o dilema de quem é o intermediário entre a autoridade e a sociedade.

Mais sobre o importante Congresso clique aqui.

Governo do Pará não divulga preços do Festival de Ópera no Teatro que administra

No postDesinformação, da jornalista paraense Franssinete Florenzano, fiquei sabendo que: Quem correu à bilheteria do TP, deu com a cara na porta. Segundo o guarda, só amanhã começa a venda de ingressos para o Festival de Ópera. Não sabe ao certo o preço e nem se serão aceitos cheques.

Para completar, diz Florenzano: Abre hoje a bilheteria do Theatro da Paz para o Festival de Ópera. A divulgação é sofrível. Nem no site do Governo do Estado tem alguma informação, sequer o preço dos ingressos. Quem quiser que vá para a fila e descubra lá quanto terá que desembolsar.

Nota do blog: Essa é a (Des) Comunicação do governo Pê Tê no Pará. Não convida aliados políticos para inaugurações nos seus redutos, não responde ofícios, não atende telefones para tratar de assuntos do Estado. Uma belezura esse governo da mudança.

NOMÍNIMO não mais está entre nós

Acabou














Mais uma grande empreitada do livre pensamento como o também morto e enterrado Pasquim, foi-se, escafedeu-se...Morreu.

Detalhes>>

Rede Globo e a democracia da informação

Como a celeuma em torno da censura ao documentário "Além do Cidadão Kane" ajudou a transformar o filme num cult.

Mídia Independente
Foi há exatamente há 13 anos, em 1993. O documentário "Além do Cidadão Kane", da BBC havia sido apresentado em uma única sessão no Museu da Imagem e do Som (MIS). Até aí, tudo bem, e a repercussão do filme não teria nada de extraordinário, não fosse a decisão do então secretário da cultura do estado, Ricardo Ohtake, de demitir o programador do MIS, Geraldo Anhaia Mello, por ordens diretas do então governador Fleury, o "marechal do Carandiru". Para quem não é de São Paulo, o governo Fleury é considerado um dos mais corruptos da história do estado, só perdendo para o de seu padrinho político Orestes Quércia. A justificativa de Ohtake era que o filme estaria sendo exibido sem a autorização de seu diretor, Simon Hartog, mas todos diziam que o motivo real eram as pressões vindas diretamente de Roberto Marinho.

Imediatamen…