Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens com o rótulo Imprensa

A morte e a morte de um grande jornal

Por Carlos Brickmann, para o Observatório da Imprensa Nós, jornalistas, sabemos quando um jornal vai morrer. Torcemos para que sobreviva, para que continue informando, para que contribua na construção de um variado arco de opiniões, para que mantenha os empregos; sempre achamos que a vida dá tantas voltas que numa delas talvez as coisas dêem certo. Mas não dão: os jornais emagrecem, perdem o viço, enchem-se de rugas, sofrem com cada oscilação econômica, atrasam salários, perdem bons profissionais, lampejam por vezes numa boa reportagem, mas é a visita da saúde. Muitas vezes, quem se apresenta para salvá-lo quer apenas fazer o saque e aproveitar o que for possível. O jornal vai morrendo, morre várias vezes; e um dia é enterrado. Nós, jornalistas, sabemos quando um jornal vai morrer. Quando o patrão passa a usar só jatinho, e muito, o jornal vai morrer. Quando o patrão faz contenção de custos na redação e amplia os gastos com jantares, festas e recepções, o jornal vai morrer. Quando o p…

Revista Fale! Brasília nas bancas

Carta do Editor
Uma revista de InformaçãoChegamos! E bem na hora, na melhor das idades, rumo aos 50 anos de nossa amada Brasília.
Fale! Brasília é uma revista com pauta voltada em primeiro plano para o Distrito Federal. Pretendemos ser uma alternativa de informação séria e consistente, ouvindo fontes primárias, abrindo espaço ao contraditório e mas não apostando no quanto pior melhor. Ao contrário, estaremos mostrando casos e soluções principalmente aqueles que envolvem o gestor público e suas comunidades.
Sediada no centro do poder político Fale!Brasília terá na cobertura política um dos seus temas privilegiados, trabalhando fatos, personagens e idéias.
Nosso objetivo é abrir um canal direto com os decisores, formadores de opinião e com o povo que faz o cotidiano do DF, ancorado no plano piloto da genial obra de Niemeyer. Queremos traduzir esta tensão natural a um polo de poder mas também refletir o que passa pela cabeça e o estilo de vida das pessoas anônims que, afinal, movem a cidade …

Deputado Brizola Neto reage à reportagens de O Globo

Pedindo atenção para o pronunciamento que fez logo depois na tribuna da Câmara dos Deputados, o deputado federal Brizona Neto (PDT-RJ), líder do PDT na casa, fez uma defesa inflamada do que chamou "a memória ultrajada de um herói nacional. Trata-se da defesa da honra de Leonal Brizola".

A gravidade das acusações que lhe imputam de forma covarde e desonesta o jornal O Globo me faz ter o cuidado de vir a esta tribuna com um discurso escrito, diferentemente do que tenho feito ao longo deste primeiro mandato.

É emblemático que esses ataques ocorram justo na passagem dos 45 anos do golpe militar que envergonhou todo o Brasil. Na semana do 1º de abril, O Globo revive, de forma nostálgica, o consórcio sinistro que lhe deu projeção, em conluio com as oligarquias nacionais e como máquina de propaganda da ditadura, patrocinada inclusive por aportes financeiros ilegais do grupo estrangeiro Time-Life.

Desde o último domingo esse jornal, que sempre encetou campanha diuturna e ines…

O Super-Herói do PT: Novo Progresso merece?

No centro das atenções após a morte da missionária católica de origem americana Dorothy Stang. O Município de Novo Progresso revelou a intolerância, impunidade e retardo de resposta à crimes praticados na Amazônia: sinônimo de terra em que a impunidade é apenas um detalhe em busca da fortuna fácil.

Sabem o que o Estado brasileiro faz quando é informado disso?

Simples.

Establece uma intervenção branca, sob o beneplácito do dirigente estadual da hora. Quer seja no Pará, em Rodônia ou em qualquer outro Estado que compõe a Amazônia, num vergonhoso processo de repetição de tragédias anunciadas.

Você leitor. Sabe o que acontece após essas tragédias?

Nada!

Pegam meia dúzia de bagrinhos, a chamada grande Imprensa vende pra dedéu, e a mesma grande Imprensa, desaparece como por encanto do teatro de operações de uma Amazônia abandonada. Desgovernada. Entregue à própria sorte.

Em Novo Progresso, epicentro do Arco de Desmatamento do sudoeste amazônico, esse abandono institucional gera figuras lendárias c…

Liberdade de imprensa ameaçada por governos populistas na América Latina

Foto: Bernardo Hélio














Vários jornalista presentes à II Conferência Legislativa sobre Liberdade de Imprensa, em comemoração ao Dia Mundial da Liberdade de Imprensa, celebrado no último dia 3, denunciam a ação de governos populistas na Amárica Latina que ameaçam o livre exercício profissional de bem informar a população.

O jornalista Elide Rojas, chefe de redação do jornal El Universal, de Caracas (Venezuela), disse há pouco que seu país enfrenta um problema de falta de liberdade de imprensa, que é "perigoso e que tende a se agravar". Os meios de comunicação, afirmou, vivem uma situação de conflito com o governo de Hugo Chávez, que cada vez mais usa as cadeias nacionais para se pronunciar. Mais aqui>>

O deputado Ibsen pinheiro (PMDB-RS) criticou há pouco o que chamou de processo de partidarização das redações jornalísticas. Na opinião do deputado, que participou da 2ª Conferência Legislativa sobre Liberdade de Imprensa, já encerrada, a partidarização prejudica a politização …

Começa II Conferência sobre Liberdade de Imprensa

Evento na Câmara dos Deputados discute liberdade de imprensa

A Câmara, a Associação Nacional de Jornais (ANJ) e a Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco) realizam hoje a 2ª Conferência Legislativa sobre Liberdade de Imprensa. O encontro reunirá autoridades e jornalistas de vários países para discutir um diagnóstico e as perspectivas da liberdade de imprensa na América Latina.

O deputado Ibsen Pinheiro (PMDB-RS) será um dos participantes do evento. Em 1993, ele perdeu o mandato depois que uma reportagem da revista Veja o acusou de movimentar 1 milhão de dólares em suas contas, logo depois das denúncias contra a chamada "máfia dos anões do orçamento". Mais de dez anos depois, o autor da reportagem, Luís Costa Pinto, confessou que houve um erro no valor publicado: eram mil dólares, não 1 milhão. Mesmo tendo sofrido os danos que uma notícia errada pode causar, Ibsen Pinheiro adiantou que vai à conferência defender a liberdade de imprensa.

"…

Liberdade de Imprensa

Conferência internacional discute liberdade de imprensa

Ag. Câmara

Será realizada amanhã, na Câmara, a 2ª Conferência Legislativa sobre Liberdade de Imprensa. Organizado pela Câmara em conjunto com a Associação Nacional de Jornais (ANJ) e a Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco), o encontro reunirá autoridades e jornalistas de vários países em discussões sobre diagnóstico e perspectivas da liberdade de imprensa na América Latina.

Mais aqui>>