Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens com o rótulo Turismo

III Rock Rio Tocantins

III Rock Rio Tocantins. Verão em Marabá.
Vai perder?!

Que tal uma refeição no Céu?

442 METROS
O At.mosphere, no 122º andar do Burj Khalifa, tem uma vista panorâmica da cidade

O At.mosphere, o restaurante mais elevado do mundo, abriu as portas para convidados, ontem, em Dubai, nos Emirados Árabes. O estabelecimento fica a 442 metros de altura, no 122º andar do megaedifício Burj Khalifa. Um elevador expresso, que se locomove a 10 metros por segundo, leva os visitantes até o topo maior arranha-céu do planeta em apenas um minuto. Com capacidade para receber mais de 210 convidados, a casa possui salas de jantar privativas e estações de mostra de cozinha.

Carnaval em Pirenópolis

Ruas, bares, restaurantes, hotéis e pousadas lotados no Carnaval em Perinópolis, histórica cidade a 140 kms de Brasília.

Aproveitamos o feriado e ficamos por lá, hospedados na excelente Pousada Gold, próximo ao aeroporto.

Confira as fotos.

Fotos de Val-André/Lúcia Helena/Eduardo Sobreira/Tuca Ivaniscka














Ladeiras históricas da cidade, tomadas por turistas.



















































No casario do Centro Histórico há dezenas de lojas com o melhor do artesanato da região.






























Figuras em barro pintadas a mão, é a atração do artesanato local.

















Os antigos casarões estão impecavelmente conservados e todos foram restaurados. A Unesco tombou o lugar como Patrimônio Histórico da Humanidade.
















A Igreja Matriz, que aparece ao fundo, foi completamente destruída por um incêndio e um pool de grandes empresas patrocinaram a sua completa restauração.
















Fomos almoçar, ontem, numa fazenda de amigos próximo a cidade. Delícia!
















Lá embaixo, no Vale, a cidade de Pirenópolis, em foto tirada do alto do Parque Nacional dos Perineus.


Americanos compram maior operadora de turismo do Brasil

Crise! Que crise?Investidores americanos do Fundo Carlyle de olho na Copa do Mundo de 2014, Olimpíadas e emergência de classe média, compraram a maior oiperadora turística do paísComando da empresa seguirá na mão dos atuais gestores, mas a área financeira será comandada por fundo americano

O fundo americano de participações ("private equity") Carlyle anunciou ontem a compra da CVC, maior operadora de turismo do Brasil. O valor oficial da transação não foi divulgado, mas, segundo a Folha apurou com fontes próximas à negociação, o Carlyle pagou cerca de R$ 700 milhões por 63,6% da companhia. A gestão continua com o fundador Guilherme Paulus, que ficará na presidência do Conselho de Administração. O atual presidente-executivo, Valter Patriani, também segue no cargo.

O negócio foi fechado em dezembro e é a primeira aquisição do fundo Carlyle no Brasil. O fundo é um dos maiores do mundo e administra uma carteira de US$ 87,6 bilhões. Segundo Fernando Borges, presidente do Car…

Tucunaré derrota castanha do Pará, açaí e cupuaçú

Inserido como quesito fundamental na estratégia do projeto ampliado para o incremento do turismo em Marabá. A Secretaria Municipal de Turismo (SETUR) encerrou a segunda etapa da escolha do símbolo turístico de Marabá.

Concorriam, através de pesquisa prévia, o açaí, castanha do Pará, cupuaçu e o tucunaré. A segunda etapa foi realizada durante 30 dias, com urnas colocadas em pontos estratégicos, como escolas, empresas privadas e públicas, e também com urnas itinerantes em vários pontos de Marabá, inclusive nos eventos da FICAM e FEIRA DO LIVRO, foram apuradas e, na sexta-feira, 4, na sede da SETUR, a festa da apuração do grande vencedor, ocorreu na Praça Duque de Caxias, com grande animação, onde o Tucunaré foi proclamado o vencedor da eleição do símbolo turístico.

Os quatros elementos tiveram uma votação significativa por parte da maioria dos votos. O Tucunaré veio em primeiro lugar com 5.115 votos apurados, o Açaí em segundo lugar com 1.854 votos, Castanha em terceiro lugar com 1.480 vo…

Mais Sertanejo Festival começa amanhã em Goiânia

O Mais Sertanejo Festival tem abertura oficial nesta segunda-feira, 01 de junho, na Pousada Serras de Goyas, no Setor Bueno. O concurso esta em sua terceira edição e recebe artistas de todo o país que buscam se promover na capital da música sertaneja. Para dar o ponta-pé inicial ao evento, a organização trará este ano workshops que tem o objetivo de melhorar a qualidade da música sertaneja, por meio das palestras que devem profissionalizar os inscritos e também os interessados nos temas discutidos.
O evento contará com diversas autoridades e personalidades. Nos dias 02 e 03 haverão os workshops que abordarão desde “Empreendedorismo no mercado cultural” até “A música sertaneja e o mercado atual”. A entrada é gratuita e os interessados devem reservar sua presença por meio do telefone 62 3247-5653 ou pelo e-mail maiscomunicacao@grupomedrado.com.br .
O Mais Sertanejo Festival é realizado pela Mais Entretenimento, em parceria com a Revista ShowNews e Universo Produções Artísticas. Pr…

Mil lugares para se conhecer antes de morrer

Off Scotts Head, Ilha da Dominica, um jardim afundado de esponjas e coral recompensa uma visita, parte de uma série crescente de mergulhadores descobrindo vida marinha da Dominica. Com um dos ecossistemas mais vibrante sob a água no Caribe, Dominica oferece scuba para mergulhadores que mais parece um aquário de água clara com visibilidade que pode alcançar 100 pés (30 metros).

Photo shot on assignment for "Dominica,” June 1990, (National Geographic magazine)
Photograph by Bruce Dale

Mil lugares para se conhecer antes de morrer

(Photo shot on assignment for "Two Worlds of Fiji,” October 1995, National Geographic magazine)

A maior cidade entre Honolulu e Auckland, Suva — a capital da República da Fiji — deslumbra com escritórios cosmopolitas, faz compras, e entretenimento. Com 180,000 residentes em sua área metropolitana, a cidade embrulha ao redor um soberbo profundo olhar do porto na ilha de Viti Levu. Acesso por via marítima e ar, Fiji serve como um centro ligando as nações do esplendoroso Pacífico.

Mil lugares para conhecer antes de morrer

Minerais, algas e cyanobacterias dão a este gêiser no Deserto de Pedra Preto de Nevada suas brilhantes cores.
Fotografe por Imagens de Jack Dykinga/Getty

Mil lugares para conhecer antes de morrer

Uma doca sobressai para fora numa ilha da palma pequena, cercadas pelas águas de jóia azul do Taiti.

O Taiti é só uma de 118 ilhas e atóis que compõem Polynesia francesa, um território de semi autônomo da França. Com sua reivindicação aqui e em outros territórios do Pacífico, a França é a segunda maior presença (depois dos Estados Unidos) no Pacífico.

(Photo shot on assignment for, but not published in, "Charting a New Course—French Polynesia,” June 1997, National Geographic magazine)

Aquário em Santos: modelo a ser copiado

Fotos: Val-André/Marcos Dias

Praias & Enseadas

Fotos: Val-André

Alta ocorrência de OVNIs

Fotos: Val-André
A região da Baixada Santista, litoral sul de São Paulo registra um dos maiores índices de ocorrência de Objetos Voadores não Idenntificados. Por que será?
Alguns caminhos de acesso às praias não são adequados para esse tipo de carro. Mas, vale a pena o esforço. Confira!

O custo dos eleitores em trânsito

Após o ano de 2002, é a primeira vez que não terei condições de votar em meu domicílio eleitoral.

Radicado há quatro anos em Brasília (DF) é muito caro deslocar-me para Marabá, meu domicílio eleitoral para votar.

Para vocês terem uma idéia do custo tentarei ser o mais objetivo possível.

Via aérea:

- Tam e Gol oferecem praticamante o mesmo serviço. O diferencial é a hora da saída e da chegada.

Ida e volta Brasília-Marabá sem hotel, algo em torno de: R$ 900,00 com as taxas.

Via terrestre com carro próprio:

- Depende do seu carro. O meu é um Golf Plus, 1.6 que pede abastecimento (gasolina) a cada 460 km sem ar-condicionado e sem hotel, permanencendo um dia em Marabá (PA), preço: R$ 2.500,00.

Via terrestre de ônibus:

- Várias empresas fazem o trajeto com e sem baldiação. As que o fazem direto, sem hotel com um dia em Marabá, a despesa fica em R$ 1.100,00.

Na alta temporada, viaja quem tem dinheiro sobrando.

Com R$ 90,00. Fico aqui mesmo, justifico meu voto e pego um cinema ou um show legal.

E quem nã…

Grã-Bretanha não vai exigir visto de brasileiros, diz ministro

clipped from noticias.uol.com.br
O ministro do Turismo, Luiz Barretto, afirmou nesta sexta-feira que autoridades do governo britânico confirmaram que a Grã-Bretanha não exigirá vistos para turistas brasileiros a partir do ano que vem. "Todos os setores do governo britânico com que conversei, principalmente da área de turismo, se sentem muito constrangidos com o tema e me deram uma boa notícia, de que não vai haver visto para turistas brasileiros", disse o ministro à BBC Brasil, durante passagem por Londres para lançar uma campanha de estímulo ao turismo britânico no Brasil. De acordo com reportagem publicada nesta sexta-feira no jornal O Estado de S. Paulo, autoridades britânicas e do Itamaraty chegaram a um acordo durante reunião realizada em Brasília, na última segunda-feira, em que a Grã-Bretanha teria desistido de exigir vistos de brasileiros e retiraria o nome do Brasil de uma lista de 11 países que não combatem a imigração ilegal.

Leia mais.

A praia do Tucunaré

Fotos: Val-André Mutran
A praia do Tucunaré em Marabá (PA) é uma dessas dádivas que a mãe natureza planta diante dos olhos que a conhecem.








O acesso para o balneário é através de duas escadarias que se encontram no atracadouro.






Um bar flutuante pontua a paisagem ao lado das escadarias. O comerciante que o explora escapa dos caríssimos impostos cobrados aos concorrentes localizados logo acima, em terra firme, na orla do Tocantins, no principal ponto de movimentação hoje na cidade.






A travessia custa R$ 2,00 por pessoa e não dura 5 minutos, dando tempo suficiente para fotografar a paisagem ou filmá-la.


A praia no entardecer tem uma luz mágica.



Sol posto, resta ao visitante retornar para a cidade.



De volta ao batente

Foi tranqüila a volta deste blogger para Brasília. Viajar com a luz do dia fez a diferença no trajeto de volta apesar do calôr que obriga o uso do ar-condicionado do carro aumentando significativamente o custo da viagem de 1.656 quilômetros que separam a minha casa no DF à porta da casa de meus pais em Marabá (PA).

Já retomei minhas funções por aqui.

Os amigos no Maraluar

Fotos: Markus e Val-André Mutran















O blogger com a amiga, idealizadora e coordenadora-geral do 14.º Maraluar, vereadora Vanda Américo, que comanda a competente equipe Só da Terra, responsáveis pelo melhor e mais bem organizado Maraluar de todos os tempos.

O Maraluar é realizado numa Arena montada em plena Praia do Tucunaré. Os custos são elevados para os organizadores que não podem errar, visto que o público alvo é exigente. O preço da mesa não cobre todas as despesas e os coordenadores recorrem ao comércio local em busca de patrocínio.









Vista do Portal do Maraluar com o sol raiando

Três bandas são contratadas para tocar até o raiar do dia. O megaluau já entrou no calendário oficial do município e do estado ao adquirir o status de uma das três maiores festas do Pará, perdendo apenas para o Círio de Nazaré e o Sairé em Santarém.










O retorno da festa é feito por barcos cadastrados com antecedência para que todos sejam conduzidos com a maior segurança de volta à Orla da cidade.












blogger e a família













M…

Revendo caros amigos

Fotos: Val e Markus Mutran

Saber viver é ter bons amigos. Um montão deles.