Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens com o rótulo Serra Pelada

Herói do deputado Jair Bolsonaro na cadeia

O provável herói do deputado federal de ultra direita, Jair Bolsonaro (PP-RJ), partido que sucedeu a ARENA, pós Golpe de 64 e reduto da elite que deu as cartas no Brasil em seu período mais negro, não deve está nada satisfeito com a autorização concedida pela 1ª Vara da Justiça Federal em Brasília que autorizou a Polícia Federal a cumprir mandato de busca e apreensão em suas propriedades em Brasília (DF).
"As buscas são uma tentativa de localizar documentos que possam revelar o paradeiro de corpos de militantes políticos que participaram da guerrilha", disse a procuradora Luciana Loureiro. Curió foi preso em flagrante por porte ilegal de arma e continuava detido até o fechamento desta edição. Informou a imprensa.

O arquivo vivo da Polícia Federal é um passarinho treinado para não falar se fora apertado.

Mas, o que a PF desconhece é o endereço de um telefone público, ao qual o ex-major do Exército utiliza aos finais da tarde de sexta-feira, em área nobilíssima da …

Acordos de bastidores para reabrir Serra Pelada

Arquivo

















A notícia da iminente reabertura do garimpo de Serra Pelada, pressupõem alguma vantagem para os garimpeiros que insistem em não abandonar aquele que foi o maior garimpo a céu aberto do mundo na década de 80.
Eu disse pressupõem, nada mais do que isso. Uma tal de Colossus, do Canadá, rifou aos antigos garimpeiros apenas 25% do que conseguir extrair mecanicamente nos 100 hectares que abrange a área do antigo garimpo.



















Fala-se até na ida do presidente Lula ao lugar para sacramentar a transferência do direito de lavra que pertencia aos garimpeiros para a empresa candadense.

É muito provável que esteja ocorrendo uma bela de uma maracutaia nessa história.

Serra Pelada inicia seu 2º ciclo do ouro
de Serra Pelada (PA) Valor Econômico - 26/04/2010




















Desta vez, a exploração será mecanizada. Os canadenses formaram uma empresa junto com a maior cooperativa de garimpeiros de Serra Pelada. A Colossus terá 75% do que for extraído e os garimpeiros, 25%. Curionópolis, cidade onde está a mina, espera o pr…

Esquema garantirá enriquecimento ilícito das sobras de Serra Pelada

www.nothingstaysthesame.blogger.com.br
Dossiê denuncia que as mineradoras Phoenix Gems e Colossus Minerals estariam coordenando um golpe bilionário na região da Serra Pelada. Uma sucessão de ingerências, propinas e irregularidades que atingiriam os direitos de milhares de garimpeiros, além de lesar a União.

Bandidos de Serra Pelada ameaçam jornalista no sul do Pará

O jornalista e publicitário paraense Hiroshi Bogea recebeu anônimamente em seu blog uma ameaça de morte por grupos que disputam o poder no garimpo de Serra Pelada.
O aparato de Segurança Pública do Estado sinaliza providências para identificar o autor da ameaça que foi extendida a familiares do jornalista.

Recursos de sobras do garimpo de Serra Pelada pode chegar aos garimpeiros

CEF diz que recursos de Serra Pelada chegarão aos garimpeiros

O advogado Ubiraci Lisboa, da Caixa Econômica Federal, negou que a instituição esteja se negando a repassar aos garimpeiros os recursos relativos à venda das sobras de ouro, paládio e prata dos primeiros 400 lotes do garimpo de Serra Pelada. A Cooperativa Nacional dos Garimpeiros de Serra Pelada (Congasp) move uma ação contra a CEF na qual cobra cerca de R$ 220 milhões relativos a essas sobras. Ubiraci Lisboa alegou que a questão está sub judice e que a preocupação da CEF é que os recursos cheguem aos garimpeiros e não a entidades que não tenham legitimidade de representá-los.

O assunto foi discutido hoje durante audiência pública promovida pela Comissão de Direitos Humanos e Minorias.

O procurador regional da República no Pará Franklin da Costa explicou a razão pela qual o Ministério Público Federal pediu a suspensão da execução de sentença (a suspensão do pagamento da dívida) na ação que a cooperativa move contra a CEF. Segu…

Voto de garimpeiro é decisivo em Serra Pelada

Mesmo sem garimpo, candidatos buscam apoio no local que hoje é a maior favela de Curionópolis (PA)

Serra Pelada virou uma favela sobre toneladas subterrâneas de ouro, mas os votos de seus moradores, a maioria ex-garimpeiros, são decisivos nas eleições de Curionópolis (PA). Por isso, os candidatos a prefeito disputam a preferência do povoado de ex-garimpeiros.

Cerca de 6.000 pessoas, segundo a prefeitura, vivem em Serra Pelada. É mais de um terço da população de Curionópolis. Distrito do município, a serra reuniu, no início da década de 80, 116 mil homens atrás de ouro. "No morro tiravam as folhas do chão e achavam as pedras de ouro. Então, veio um cascalho cego e não acharam mais nada", diz Sebastião Ferreira da Silva, 78, o Trovão, garimpeiro que chegou por lá em abril de 1980 e hoje vive em um barraco de madeira coberto de palha, moradia semelhante à de outros ex-garimpeiros do local.

Embaixo do "cascalho cego" estão 24 toneladas de ouro numa área de cem hectares, s…

Jazidas de Serra Pelada voltam à cena

clipped from www.gazetamercantil.com.br
São Paulo, 15 de Setembro de 2008 - Serra Pelada, o célebre garimpo que nos anos de 1980 fez muita gente enriquecer e, depois de fechado, em 1992, deixou muitos "órfãos", volta à cena no próximo domingo. Será realizada a eleição para a presidência da Cooperativa de Mineração dos Garimpeiros da região, que detém os direitos de pesquisa mineral da jazida.

A entidade tem o direito sobre R$ 240 milhões depositados na Caixa Econômica Federal, referentes ao pagamento da extração de paládio, metal que era garimpado junto com o ouro na década de 1980. O direito ao saque desses recursos ainda está sendo discutido na Justiça. A cooperativa desenvolve com a Colossus Minerals, do Canadá, um projeto que prevê a exploração industrial da mina e pode render aos garimpeiros mais R$ 800 milhões.

Serra Pelada ― a vergonha nacional que o governo finge não ser de sua responsabilidade

Oficialmente, até ser fechado pelo então presidente Fernando Collor, em 1992, 42 toneladas de ouro foram extraídas das entranhas de Serra Pelada.

Há muita fantasia, mas poucos são os eleitos que realmente sabem quanto de ouro ainda espera a ser explorado no lugar.

Só a expectativa gerada por um suposto filão ainda maior que o ouro garimpado no auge da fase exploratória, desperta a cobiça, o ódio e uma seqüência fatídica de assassinatos em série de quem ousa incomodar um ou outro dos três grupos que disputam o poder como "Midas" do poderoso minério amarelo.


Passados décadas após a proibição de lavra no garimpo, estima-se que pelo menos 30%, ou seja, algo próximo a 15 toneladas de ouro foram contrabandeadas.

A dicotomia que atende aos interesses de um governo omisso com os assuntos relevantes da Amazônia, cria no microcosmo de problemas internalizados em Serra Pelada uma vergonha nacional.

O desprêzo, incompetência e irresponsabilidade institucional do governo, marcada pela notória…

Serra Pelada ― ouro de tôlo

Segundo texto publicado pela Cooperativa dos Garimpeiros invadida por adversários da atual diretoria no último domingo, 17. No mês de Abril de 1980, isto é, cerca de três meses depois da descoberta das primeiras pepitas em Serra Pelada cerca de dez mil homens já se dedicavam ao trabalho de escavação em Serra Pelada.

A notícia se espalhou rapidamente e o garimpo recebeu a visita de representantes da Docegeo, uma subsidiária da Vale do Rio Doce e, no dia 05 de maio daquele ano, descendo de helicóptero, chegava à área de Serra Pelada, representando o Governo Federal, o Major Curió, que se infiltrando entre os garimpeiros, viria a tornar-se o maior líder que os garimpeiros já conheceram. Quando o major curió, chegou à Serra Pelada, todos usavam armas, a violência era tamanha a insegurança era total, morriam muitos garimpeiros todos os dias, todas as questões, todas as dúvidas eram resolvidas na base do revólver, segundo contam os antigos garimpeiros como; Neném Capixaba, Pé na Cova, Raimun…

Serra Pelada ― a "corrida em busca do ouro"

A tese incutida por determinadas testemunhas oculares do evento, garantem que Serra Pelada ainda não havia sido descoberta como garimpo, de acordo com o narrado o post anterior. Eis que outro fato corroborou para a segunda tese de origem do garimpo. Esta, também por um fato do acaso, protagonizado pelo Senhor Sebastião Ferreira, que ao procurar lenha seca para cozinhar seus alimentos e não a encontrando facilmente nas imediações da Grota Rica, resolveu procurá-la nas encostas da serra e com isso foi cada vez mais para cima, na direção do topo da elevação e lá chegando encontrou ali as primeiras pepitas encontradas no depois batizado garimpo de Serra Pelada.
Ferreira era um humilde velhinho agricultor que não contendo-se de excitação com a descoberta, desceu a serra e espalhou a novidade, rapidamente todos os que estavam trabalhando na Grota Rica, passaram a procurar ouro também no topo da Serra e como em garimpo, as notícias não correm, voam, não se sabe como, mas imediatamente começo…

Serra Pelada ― problemas desde a descoberta

Nunca se soube ao certo quantas toneladas de ouro foram garimpadas em Serra Pelada.

Tudo começo na fazenda de uma família ― os Camargos ― que há décadas haviam migrado de Gioás para o sudeste do Pará.

No mês da graças de fevereiro da era cristã de 1980 do século XX, atrubui-se ao posseiro José Feitosa, que trabalhava na área do Senhor Genésio Camargo, ao tomar banho na Grota Rica, encontrou por acaso, pequenas pepitas de ouro.

A notícia se espalhou como rastilho de pólvora e logo chegou a localidade os primeiros garimpeiros.

Um punhado dêles que cresceram segundo uma proporção geométrica. Um mês depois, no dia 05 de Março, estes pioneiros somavam mais de cinco mil garimpeiros.

Os legítimos proprietários da área e seus herdeiros nada poderam fazer para impedir a invasão da área.

O ouro estava espalhado à flôr da terra.

Não havia completado um ano que moradores de Marabá, principal cidade da região, distante aproximadadmente 150 quilômetros do garimpo, comemoram, soltando rojões e foguêtes a d…

Coomigasp ― após invasão violenta cooperativa reabre

Um contingente de 70 policiais militares permacem protegendo as instalações da sede da Cooperativa de Garimpeiros de Serra Pelada que retomou sua rotina após os violentos tumultos ocorridos no último domingo,17.
Um grupo de 50 sem-terras que estavam concentrados em uma casa no Morumbi ― bairro do Distrito do Município de Curionópolis ― foram expulsos do local pela PM . O líder nacional do MST, Pedro Stédile, condenou a invasão e a quebradeiras feita pelos sem-terras à Cooperativa dos Garimpeiros de Serra Pelada. Raimundo Benigno que comandou a ocupação ao prédio da Coomigasp com a ajuda do líder do MST de Palmares II, Eurivaldo Martins , vulgo Totô, acusou a PM de ter destruído a cooperativa. O delegado responsável pelo inquérito pediu a prisão preventiva de Benigno.
O líder garimpeiro que comanda um dos três grupos que se matam-se entre si há décadas, desde o fechamento daquele que foi na década do 80 o maior garimpo a céu aberto do mundo, está foragido.
Benigo é facilmente encontrado…

Garimpeiros vão engrossar protestos

Os garimpeiros Benigno e Etevaldo, em nota, diz que a família garimpeira de Serra Pelada, cansada pelo massacre econômico, moral e social ao longos desses 28 anos, decidiu criar o MTM - Movimento dos Trabalhadores e Garimpeiros e Mineração.

Ainda segundo a nota, o novo movimento destacou um pauta com 13 pontos de reivindicação e decidiu mobilizar a categoria em todo o país para o que chamam de "Grande Jornada de Luta pela Socialização do Bem Mineral" no país.

A partir do dia 7 de abril fará um grande acampamento de mobilização para discutir a pauta de reivindicação. O local para o acampamento será na Palmares II, no município de Parauapebas, no Estado do Pará.

A categoria garimpeira espera o apoio de todos os parlamentares para o cumprimento desta pauta que poderá beneficiar os garimpeiros e os pequenos mineradores e finalmente fazer inclusão social neste país.