Discrepância assustadora nas pesquisas para Governador no Pará

De um lado, Diário do Pará/Brasmarket. Do outro, O Liberal/Ibope. Ao lado de cada um, duas pesquisas realizadas por dois Institutos distintos: Brasmarket e Ibope.

Os dois são os maiores jornais diários do Estado. Mas, a discrepâncias dos resultados apresentados é uma ofensa à inteligência do eleitor.

Enquanto o Ibope aponta para a eleição ao Governo do Estado o candidato Almir Gabriel, da coligação União pelo Pará, 49% das intenções de voto. O Brasmarket indica que o candidato Almir Gabriel (PSDB) continua em primeiro, com 35,5%, mas caindo 3,4% em relação à última pesquisa (quando teve 38,9% das intenções de voto), e confirma a tendência pelo segundo turno nas eleições para o governo do Estado.

Em quem acreditar?

Esse tipo de informação confunde o eleitor. O eleitor que é leitor de um dos jornais, está deliberadamente induzido à informação que lhe influencia o voto.

Esse tipo de coisa tem que ser banido da política brasileira.

Nenhum comentário: