Fazendo água

Murmúrios quase inaudíveis nos corredores dão conta que começa a fazer água a tradição do partido mais votado fazer o presidente da Câmara e do Senado.

O barco em questão é o PMDB.

Tática, dizem as catitas mais nutridas do rodapé. As fontes que ninguém viu, ninguém vê.

Aldo ficaria mesmo rifado para outra composição. Renan sairia de cena e Sarney gozará o resto da saúde e o peso do bigode na presidência do Senado.

Um comentário:

Ricardo Rayol disse...

Deus te ouça. O Partido Me Dei Bem representa o que há de mais retrógrado na politica nacional. Xô Sarney e sua turma.