Estratégia de defesa

Segundo a Folha de S. Paulo, a estratégia de defesa (do senador Renan Calheiros), foi montada anteontem em reunião entre Renan, o senador Romero Jucá (PMDB-RR), líder do governo, o senador José Sarney (PMDB-AP), o ex-senador Luiz Otávio e advogados. Foi aconselhado a não mentir e a dar versão que não possa ser desmontada, sob pena de quebra de decoro e risco de perder a presidência do Senado.

No discurso, Renan deverá dizer que teve sua vida pessoal exposta e, apesar de ter afirmado aos senadores que explicará ponto por ponto, não pretende dar muitos detalhes, sempre alegando que o processo está sob segredo de Justiça.

2 comentários:

Anônimo disse...

Sendo ALUNO-PROFESSOR de Lula, Renan deve chorar, se dizerr indignado, vitimado pela imprensa funesta, falar de suas qualidades, honestidade, e outras baboseiras mais que todo beneficiado do Bolsa Familia gosta de ouvir. É assim que Lula ensinou: "Fale o que os pobres-analfas gostam de ouvir, se preciso chore. Eles são maioria."

Ricardo Rayol disse...

Em resumo, seguiu a doutrina apedeutica, não sei de nada e sou inocente.